Arrow

VERSÍCULOS BÍBLICOS


PUBLICIDADE

Com a chegada do verão redobre os cuidados com a pele

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 8 de janeiro de 2019 - 0 Comentários

Quando uma pele apresenta sinais de melasma, os cuidados devem ser redobrados no verão

Quando uma pele apresenta sinais de melasma, os cuidados devem ser redobrados no verão - época de maior radiação e exposição ao sol, para não agravar o quadro e permitir que as manchas acastanhadas escureçam. Por isso, os especialistas recomendam o uso constante do protetor, bem como chapéus, óculos de sol e outras proteções físicas para estabilizar a condição crônica.

As gestantes também devem reforçar os cuidados, pois nessa fase há mais estímulo hormonal e maior produção de melanina, o que pode ampliar a possibilidade de manchas escuras na pele. "Gestantes devem sempre utilizar o protetor solar para prevenir o aparecimento do melasma, muito comum durante essa fase", ressalta a dermatologista Dra. Anita Rotter, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Outro cuidado que deve ser tomado é com a luz visível das telas e de ambientes fechados, uma vez que, não só o verão causa o escurecimento das manchas, mas as luzes dos escritórios também – ou seja, o cuidado deve permanecer durante o ano todo. "A luz visível também está associada ao seu desencadeamento, por isso, indica-se a fotoproteção mesmo em ambientes fechados", afirma a médica.

Mais frequente em mulheres, mas que pode acometer os homens, o melasma muitas vezes é visto como um problema ao impactar a autoestima das pessoas. Apesar de não ter cura, existem tratamentos que podem amenizar as manchas, com procedimentos que ajudam no clareamento da pele. Alguns deles são realizados no próprio consultório médico, como por exemplo, os peelings químicos e o laser. Associado a esses, produtos dermocosméticos clareadores também são indicados, desde que em conjunto com o protetor solar. "Para evitar a recidiva das manchas, os protetores devem fazer parte da rotina das pessoas, em todas as épocas do ano", finaliza a especialista.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.


MAIS LIDAS DO MÊS