15 cidades brasileiras cancelar Carnaval por falta de dinheiro - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


15 cidades brasileiras cancelar Carnaval por falta de dinheiro

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 26 de janeiro de 2019 - 0 Comentários


A pouco mais de um mês do Carnaval, 15 cidades brasileiras decidiram cancelar suas festas por falta de dinheiro. São elas: Ji-Paraná e Ariquemes, em Rondônia, Jardim, Terenos, Chapadão do Sul, Anaurilândia e Paranaíba, no Mato Grosso do Sul,  Votorantim, em São Paulo, Piracuruca, no Piauí,  Dom Pedrito, Canoas e Bagé, no Rio Grande do Sul, Belterra, no Pará, Viçosa, em Minas Gerais, Tobias Barreto, em Sergipe e Itabuna, na Bahia.

 O prefeito de Jardim (MS) explica que o dinheiro destinado ao Carnaval será utilizado para outras despesas.
Decisões semelhantes também foram tomadas pelos prefeitos das outras cidades. A prefeitura de Bonito, no Mato Grosso do Sul, colocou no ar uma enquete para decidir como gastar a verba correspondente ao Carnaval: com a festa ou com a compra de uma ambulância para a cidade.

Mário Augusto, prefeito de Dom Pedrito, no Rio Grande do Sul, também explica a decisão. “Em relação ao valor de R$ 5 mil que tinha ficado no Orçamento Municipal rubricado para o Carnaval, destinaremos a verba para compra de quatro condicionadores de ar split, para as escolas municipais de Educação Infantil Maria Francisca e Tupy Silva”, declara.

Fernando Gomes  prefeito de Itabuna explicou sua decisão: "Recebi a prefeitura com 79% da receita comprometida com salários dos servidores, consegui reduzir para 56% em 2017, e em 2018 para 53%. Também cortamos gastos com aluguel de imóveis, cerca de R$ 260 mil", elencou o prefeito.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores