Professor confessa estupro em aluno de 9 anos porque 'estava triste' - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Professor confessa estupro em aluno de 9 anos porque 'estava triste'

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 6 de dezembro de 2018 - 0 Comentários

 O garoto foi internado e está recebendo auxílio de assistentes sociais.



Um professor de 28 anos foi preso em Belo Horizonte (MG) acusado de ter estuprado um aluno de nove anos dentro de uma escola municipal na região da Serra, na capital mineira. À Polícia Militar, o homem confessou ter abusado da criança e disse que cometeu o crime porque estava se sentindo triste com o fim de um relacionamento.

Segundo o boletim de ocorrência, o caso foi registrado na última sexta-feira (30) e o homem era procurado até ser localizado pela polícia nesta quarta (5), na Praça da Estação, no centro da cidade.

O crime, de acordo com o professor, ocorreu na Escola Municipal Vila Fazendinha, onde leciona Artes, após o fim da classe. Ele ficou sozinho com o garoto em uma sala de aula e perguntou ao menino se ele era homossexual. Na sequência, fez com que a criança segurasse seu pênis e lhe fizesse sexo oral. Depois do abuso, foi embora da escola e buscou refúgio na casa de um amigo.

Aos policiais, o homem também relatou ter usado drogas antes do crime. Ele foi levado para a Delegacia de Plantão Especializada em Atendimento a Mulher, Criança, Adolescente e Vítimas de Intolerâncias e depois conduzido a uma penitenciária, indiciado por estupro de vulnerável.
Com informações dos jornais O Tempo e Extra


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores