Primeira corrida em prevenção e combate à surdez - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Primeira corrida em prevenção e combate à surdez

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 11 de dezembro de 2018 - 0 Comentários

 O evento é beneficente e acontece no Eixo Sul, às 7h


Brasília vai receber neste domingo (16/12), a primeira edição da corrida beneficente Caminhos da Audição: Prevenção e Combate à Surdez. A corrida visa conscientizar a população sobre a importância dos cuidados com a saúde auditiva. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que a deficiência auditiva atinge 9,7 milhões de brasileiros.

O evento, que já está em seu terceiro lote de ingressos, acontece no Eixo Sul, a partir das 7h. Todo o lucro será destinado às causas sociais. Será beneficiado o Instituto Social do Iborl, que trabalha no diagnóstico de perda auditiva e doação de aparelhos para a população carente do Distrito Federal, e para ações do Instituto de Extensão e Pesquisa do Iborl, a fim de ampliar a divulgação dos cuidados e o financiamento de pesquisas e projetos voltados à saúde auditiva da população.

Os participantes podem escolher entre três percursos de prova: caminhada de 2 km e corridas de 6 km e 12 km.

Os kits
Todos os participantes vão receber o kit da corrida, composto por: camiseta, viseira, sacochila, número de peito, chip de cronometragem e kit fruta, sendo este só no dia da prova. A entrega será realizada nos dias 14 e 15 de dezembro. Na sexta-feira, 14, os participantes podem retirar suas camisetas, viseiras e sacochilas, na matriz do Instituto, que fica no Edifício Dr Crispim, na Asa Norte, das 8h às 18h. Na véspera da corrida, 15, os kits podem ser pegos de 9h às 13h, no auditório da Biblioteca Nacional de Brasília - 1º andar.

E a premiação?
Os primeiros lugares feminino e masculino serão premiados. Todos receberão um par de aparelho auditivo, com valor estimado em R$ 10 mil para doação, além de troféu e medalha. A ação ocorrerá no final das provas para pacientes da Associação Brasileira de Surdos Oralizados (Abrasso).

Os vencedores vão receber ainda uma quantia em dinheiro. O ganhador da corrida de 12 km ganhará R$ 500; 6km R$ 300 e caminhada de 2km R$ 100.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores