Homem de Jequié, foragido da Justiça é capturado no Ceará - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Homem de Jequié, foragido da Justiça é capturado no Ceará

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 20 de dezembro de 2018 - 0 Comentários





Uma ação realizada em conjunto pela Perícia Forense do Estado Ceará (Pefoce) e pela Polícia Civil do Estado Ceará (PCCE) resultou na prisão de um baiano foragido da Justiça que estava com mandado de prisão em aberto pelo homicídio de sua ex-companheira. A ação, efetuada pela Coordenadoria de Identificação Humana e Perícias Biométricas (CIHPB) da Pefoce e a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) da PCCE, ocorreu na última terça-feira (18) quando o homem tentava tirar uma carteira de identidade no Ceará.


O trabalho teve início após Ricardo Oliveira dos Santos (28), natural de Jequié, na Bahia, se dirigir à unidade do Vapt Vupt do bairro Antônio Bezerra, apenas com a certidão de nascimento para solicitar uma primeira via da carteira de identidade. Após entregar o documento e preencher os dados necessários para a solicitação da identidade, o prontuário de Ricardo foi encaminhado para ser analisado por um dos servidores da Pefoce. O profissional desconfiou da atitude do homem, que alegou não ter nenhum documento de identidade, a não ser a certidão de nascimento. Foi realizado um levantamento – junto aos órgãos de segurança do Estado da Bahia – e identificado que, além de já possuir um número de documento de identidade em seu estado de origem, contra ele pesava um mandado de prisão em aberto, expedido pela Vara do Júri e Execuções Penais da Comarca de Jequié/BA, desde fevereiro de 2017.

Quando retornou para buscar o documento emitido no Ceará, que acabou não sendo confeccionado, Ricardo foi preso por policiais civis da Draco, que já o aguardavam. Na delegacia, o homem afirmou que tentava tirar a identidade para se candidatar a uma vaga de emprego como pedreiro. Ricardo afirmou ainda que, após fugir da cidade onde cometeu o crime, passou por Paulo Afonso/BA, seguindo para o Estado de Sergipe e vindo para Fortaleza/CE, onde tentou estabelecer residência. Ele disse ainda que atualmente morava em uma casa de recuperação para dependentes químicos, no município de Eusébio, na Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13).

Ricardo Oliveira dos Santos matou a ex-companheira, no dia 19 de novembro de 2015, conforme acusação no processo judicial pelo qual responde. O crime ocorreu no bairro Alto do Cemitério, em Jequié, na Bahia. Andreia Barbosa Santos (20) foi assassinada a facadas. O homem executou a mulher, logo após chegar de viagem, motivado por ciúmes. O filho do casal, um bebê de dois meses – à época do crime –, estava do lado da mãe quando ela foi assassinada. O homem foi preso em flagrante quando tentava fugir em um ônibus para Salvador-BA. Após alguns dias presos, ele recebeu a liberdade provisória e fugiu, vindo a ser capturado, mais de dois anos após o crime, em Fortaleza, no Ceará.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores