Conmebol confirma River Plate final da Copa Libertadores - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Plantão Escolar de matriculas vão até dia 08/02

A secretaria de Educação  do município de Itiruçu está realizado o esquema de plantão escolar matriculas em toda rede municipal de ens...


EDITORIAL

Refletindo: Histórias da politica de Itiruçu: O Otimista

Essa quem contava era o saudoso amigo Aguinaldo Pires (Gal Pires), ex- vereador e ex-presidente da câmara de Itiruçu, grande contador de causo, que morreu há três anos em um trágico acidente na BR-116 nas imediações de Itatim – BA.
1962, ano de eleição, em Itiruçu a disputa foi entre Valdeck Almeida (UDN), candidato do ex- prefeito Zé Bonfim e Josias Duarte (PSD), apoiado por Vivaldo Bastos e pelo ex-prefeito Geir Magalhães, tinha o povoado do Upabuçu como seu reduto eleitoral. Em um comício em Upabuçu, Josias percebeu certo desânimo no eleitorado, a incerteza da vitória era flagrante.
CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Conmebol confirma River Plate final da Copa Libertadores

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 4 de novembro de 2018 - 0 Comentários

Pedido  do  Grêmio de reversão dos pontos na derrota por 2 a 1 para o River Plate é negada.


Conmebol confirma River Plate final da Copa Libertadores

A Conmebol anunciou na noite desse sábado o resultado da audiência realizada na sede da entidade, em Luque, no Paraguai. O Tribunal Disciplinar da entidade decidiu manter o River Plate na final da Copa Libertadores, negando o pedido do Grêmio, derrotado pela equipe argentina nas semifinais do torneio.
O técnico Marcelo Gallardo, contudo, não poderá ficar à beira do campo nas duas finais contra o arquirrival Boca Juniors, marcadas para os dias 10 e 24 de novembro, pois foi suspenso por três partidas devido ao descumprimento da pena anterior à semifinal imposta pela Conmebol.

Na última terça-feira, por meio de rádio, Gallardo se comunicou com o banco de reservas do River durante a partida disputada na Arena, além de descer ao vestiário no intervalo.
O treinador estava impedido de se comunicar com elenco e comissão técnica pela reincidência do time em atrasos no retorno ao segundo tempo de partidas válidas pela Libertadores. A punição valerá apenas para competições organizadas pela entidade sul-americana.

Na audiência, o Grêmio pediu a reversão dos pontos na derrota por 2 a 1 para o River Plate, resultado que determinou a eliminação do time gaúcho nas semifinais da Libertadores. A estratégia dos advogados do Grêmio foi responsabilizar o River Plate pelos atos de Marcelo Gallardo.
O Grêmio considera a infração grave e, por isso, entendeu que a reversão dos pontos seria a decisão mais justa a ser tomada pela Conmebol. Os gaúchos também apresentaram documento assinado pelos quatros semifinalistas se comprometendo ao fair play na disputa dos duelos eliminatórios.
Foto Reprodução


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores