TSE manda remover da internet 35 'fake news' que atacam Haddad - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


TSE manda remover da internet 35 'fake news' que atacam Haddad

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 6 de outubro de 2018 - 0 Comentários

TRE  ainda  determinou que o Facebook e o Google forneçam à Justiça o IP (número identificador) dos computadores usados.  






O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Carlos Horbach determinou ao Facebook e ao Google, neste sábado (6), que removam da internet em até 24 horas 35 publicações com conteúdos falsos ou montagens grosseiras contra o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad.
Horbach atendeu parcialmente a um pedido feito na quinta (4) pela coligação de Haddad, que abriu um canal para que internautas pudessem denunciar possíveis "fake news". Em parte dos links denunciados ao TSE o ministro não viu irregularidades, mas, em outra parte, o ministro considerou haver indícios de ilicitude.

Além da remoção dos conteúdos, Horbach determinou que o Facebook e o Google forneçam à Justiça o IP (número identificador) dos computadores usados, os dados cadastrais dos detentores dos perfis nas redes sociais e outras informações sobre acesso à rede.
O conteúdo das postagens está relacionado a oito temas, como "crianças" -informação de que Haddad quer que as crianças sejam propriedade do Estado-, "sexualidade" -notícia falsa de que o petista vai distribuir mamadeiras com bico de pênis-, "economia" -Haddad irá confiscar a poupança- e "religião" -Manuela d'Ávila, candidata a vice, vestindo camiseta de Jesus travesti.

Há também links pedindo voto no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que não é candidato, atribuindo a ele o número 17, que é do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro.
A decisão de Horbach é uma das de maior extensão que o TSE proferiu nestas eleições. O tribunal não teve êxito na contenção da disseminação de "fake news". A corte informou que abriu 19 processos, em tramitação ou já encerrados, sobre notícias falsas durante a disputa deste ano. 

Com informações da Folhapress.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores