Qual o limite da loucura do meu adversário?', diz Haddad - Itiruçu Notícias
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

O Brasil não terá mais cubanos no Programa mais Médicos

Depois de “ameaçadoras e depreciativas” de Bolsonaro Cuba chama de volta os médicos O Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou na...


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




MAIS LIDAS DO MÊS


Qual o limite da loucura do meu adversário?', diz Haddad

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 14 de outubro de 2018 - 0 Comentários

O candidato faz referencia aos  sobre fake news notícias falsas na internet






O candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad, lançou mão de fortes críticas ao seu adversário Jair Bolsonaro (PSL), em agenda em São Paulo neste domingo, 14. "Qual o limite da loucura do meu adversário?", questionou Haddad, em coletiva, após evento com representantes do segmento de pessoas com deficiência. "Circulam na internet, por impulso do meu adversário, mentiras sobre mim. Segundo Bolsonaro, esse relógio (que Haddad usava na hora) vale R$ 400 mil. Não tenho carro no meu nome e virei proprietário de uma Ferrari", disse.
Haddad também refutou a afirmação de que ele seria favorável ao incesto. O tema ganhou repercussão nas redes sociais e Carlos Bolsonaro, filho do cabeça de chapa do PSL, chegou a compartilhar mensagens nas redes com a falsa afirmação contra Haddad.
O candidato petista foi questionado sobre as afirmações de opositores de que o PT quer transformar o Brasil em uma Venezuela ou Cuba. "O PT nunca violou um princípio democrático quando governou o País", rebateu. Segundo o petista, as comparações com Venezuela e Cuba seriam "um jogo de cena" para desviar a atenção do próprio passado de Bolsonaro.
"Que elogia torturador, que diz que não estupra uma deputada colega porque ela não merece... Quem tem de responder sobre passado é ele, que defendeu publicamente o extermínio de 30 mil pessoas e falou que a grande falha do regime militar foi ter torturado e não matado seus opositores. Aí reclama que levou uma facada? Só fala em morte", argumentou Haddad.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação