Mestre de capoeira é morto por suposto eleitor de Bolsonaro - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Mestre de capoeira é morto por suposto eleitor de Bolsonaro

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 8 de outubro de 2018 - 0 Comentários

Após discussão sobre política a vitima teria sido esfaqueado por  suposto eleitor do capitão da reserva do exercito.



O mestre de capoeira e militante da cultura negra, Romualdo Rosário da Costa, de 63 anos, conhecido como Moa do Katendê, morreu após ser esfaqueado em um bar, na região do Dique do Tororó, em Salvador. Segundo o site bocão news o crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (8). Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o crime foi registrado por volta das 0h41, na Avenida Vasco da Gama.
Ainda segundo o site Nas redes sociais, amigos e alunos do mestre prestaram homenagem e afirmam que a morte foi causada por uma discussão política. "Com muito pesar informo que assassinaram o Mestre Moa Do Katende ontem a noite no Dique, no bar do João, Salvador, por causa de política, um eleitor do fascista "coiso" esfaqueou ele", diz uma publicação em que acusa um eleitor de Bolsonaro de cometer o crime.
"Mestre Moa aguerrido defensor da cultura e do povo negro, sempre a frente pela qualidade de vida da população mais pobre e desfavorecida fará muita falta", completa a postagem, que recebeu diversos comentários de pesar. "Axé meu guerreiro Moa...gratidão por sua sabedoria", comentou um internauta. "Meu deus! Que tristeza. Salve o Mestre. Que seja um caminho de luz!!!", escreveu outra.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores