Protestos contra ideias de Bolsonaro a respeito das mulheres - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Protestos contra ideias de Bolsonaro a respeito das mulheres

Por: Ed Santos - quinta-feira, 4 de outubro de 2018 - 0 Comentários



Um grupo de Itiruçuenses formado por eleitores de diversos candidatos fizeram uma manifestação por uma agenda em comum, que é o rechaço as declarações do candidato Jair Bolsonaro e seu vice Mourão, que segundo considera o grupo ofende mulheres, idosos com avós, grupos de diversidades sexuais, grupos étnicos como afrodescendentes, indígenas e trabalhadores. A manifestação é inspirada no manifesto #ELENÃO do último sábado que reuniu centenas de milhares de pessoas no Brasil, em especial, mulheres.

O candidato até tem amaciado o discurso, mas ao longo de seu mandato como deputado disse frases como: “não serve nem para procriar”- se referindo aos quilombolas; tem batido boca com mulheres onde costumam chamá-las de vagabunda, entre outros adjetivos pejorativos e ainda critica a ideia de igualdade de salários entre homens e mulheres. O candidato foi condenado em segunda instancia, mais absolvido por Alexandre de Moraes do STF, por apologia ao estupro, quando disse que não estuprava uma colega de congresso pois ela não merecia, dando indícios que existia quem merecesse. Já seu vice chamou de desajustado pessoas criadas por mães solteiras ou avós e tem feito declarações contra o 13º salário de trabalhadores.

O movimento em Itiruçu saiu da Rua Felipe Tiago na Sete Portas e percorreu ruas e o centro da cidade. Organizadores falam de 100 pessoas no evento e pelo menos 30 veículo ocupados com várias pessoas. O movimento foi espontâneo, sem nenhuma liderança política e nasceu há dois dias pelas redes sociais e contou com participantes de Itiruçu.

Os manifestantes gritavam palavras de ordem contra o racismo e os preconceitos num geral.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores