Descaso da Embasa deixa bairros sem água por mais de 22 dias - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Descaso da Embasa deixa bairros sem água por mais de 22 dias

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 8 de outubro de 2018 - 0 Comentários

Em Itiruçu empresa não dá nenhuma justificativa oficial sobre a desigualdade de abastecimento de agua. 




Moradores dos Bairros  Landualdo Ferreira Leite (Andarai) e Graciliano Fraga  reclamam do abastecimento irregular pela Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa), que a cerca de três semanas não libera água para estas localidades.
“Tive de compra carro pipa porque a embasa de Itiruçu só fala que vai liberar amanhã e este amanhã já tá perto de 30 dias” revela uma moradora.
Além disso os moradores da cidade de Itiruçu são obrigados a compra agua mineral pois a rara agua fornecida pela Embasa não tem um paladar aceitável para o ser humano já que é salobra.
A falta de gerenciamento, manutenção da tubulações deixa este dois bairros sem agua por varias semanas. Mas o que não falta, é o recibo de pagamento que chega todos o meses nas casas dos consumidores.
O pior é que as reclamações contra a Embasa, não passam além de denuncias em blogs e na rádio da cidade, porque em Itiruçu não existem um órgão que proteja os consumidores,  que possa punir a empresa  que não trata  seus clientes, com prioridade. Moradores do bairro já articular nova manifestação e outra representação contra a empresa.
Uma outra representação foi protocolada em maio de 2016  junto ao Ministério Público, contra a Empresa Baiana de Abastecimento e Recurso Hídricos (EMBASA). A Representação foi recebida pelo Promotor Saulo Resende Moreira titular da Comarca de Itiruçu. juntamente com uma abaixo-assinado com cerca de 200 assinaturas,
Desta vez a nova representação deverá ter ser baseada na decisão, a juíza Ana Cláudia Silva Mesquita determinou ainda que, em caso de falta de água por período superior a 24h, a Embasa promova o abastecimento através de carros-pipa para as localidades atingidas e informe, através de rádio, televisão, sites, blogs  e jornal, aos consumidores sobre a data em que se dará a suspensão ou interrupção do fornecimento da água, indicando ainda quanto tempo será necessário para o reparo técnico.  E que a empresa cobre nas contas de água apenas pelo valor consumido e, no caso daqueles que pagam a tarifa mínima, que a cobrança seja feita pelos dias em que a água foi fornecida.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores