Alta do preço do gás de cozinha faz crescer revendas de botijões ilegais - Itiruçu Notícias - Vocé conectado com a informação
Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

TRE-BA convoca quase 3 milhões de eleitores a partir desta segunda

A Justiça Eleitoral convoca, a partir desta segunda-feira (13/5), eleitores de 281 cidades baianas para realizar o cadastramento biométrico obrigatório. De acordo com cronograma definido pelo TRE da Bahia, a revisão extraordinária deverá ser concluída em todos os municípios participantes antes das Eleições Municipais de 2020. Ao todo, 2,9 milhões de cidadãos serão atingidos por este, que é o último ciclo da biometria no estado. Atualmente, o índice geral de eleitores com identificação biométrica na Bahia é de 73,30%, o que representa mais de sete milhões de cidadãos com as digitais cadastradas.
A nova fase da biometria no estado tem como prioridade o agendamento, por meio de site e telefone. A abertura do serviço ocorreu no último dia 6 de maio. Apenas no primeiro dia de ativação do serviço, mais de 6 mil horários foram marcados.
Para o atendimento com hora marcada, o eleitor deverá acessar o endereço eletrônico agendamento.tre-ba.jus.br ou ligar para Central de Atendimento (71) 3373-7223. Para agendar, o interessado deve informar CPF, nome completo e data de nascimento. Entre os dados opcionais estão o número do título de eleitor e nome completo do pai e da mãe....CONTINUE LENDO

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS



BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Alta do preço do gás de cozinha faz crescer revendas de botijões ilegais

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 23 de outubro de 2018 - 0 Comentários

Entidade estima que apenas 25% dos botijões comercializados são autorizados pela ANP.



Na busca por melhores preços na hora de comprar botijão de gás, é importante ter cuidado para não adquirir um produto clandestino, pois embora sejam mais baratos, não passam por nenhum tipo de controle de qualidade.
Segundo estimativas da Associação Brasileira de Entidades de Classe das Revendas de Gás LP (Abragás), até o final de 2017, cerca de 200 mil revendedores ilegais de gás de cozinha operavam no Brasil: três vezes mais do que os autorizados pela ANP, que, até setembro deste ano, eram pouco mais de 70 mil.
Com os reajustes que vêm sendo aplicados no preço do botijão de gás de cozinha desde o ano passado, é comum os consumidores buscarem vendedores com preços mais em conta para ajustar o orçamento. Afinal, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), só no estado de São Paulo o aumento chegou a mais de 22% em 2017.
Segundo estimativas da Associação Brasileira de Entidades de Classe das Revendas de Gás LP (Abragás), até o final de 2017, cerca de 200 mil revendedores ilegais de gás de cozinha operavam no Brasil: três vezes mais do que os autorizados pela ANP, que, até setembro deste ano, eram pouco mais de 70 mil.
"É um número desproporcional e bem assustador. Esses revendedores ilegais e clandestinos no país trabalham em pontos fixos e móveis. É um tipo de revenda que prejudica não apenas a vida de quem tem autorização da ANP, mas também a qualidade final do produto e a segurança do consumidor, que não sabe a procedência do que está comprando e não têm garantias", afirmou o presidente da Abragás, José Luiz Rocha.
"Muitas vezes, você pode encontrar um botijão mais barato exatamente porque não passou pelos processos da ANP, que tem padrões de segurança em relação ao lacre, estocagem, entre outros. Um botijão sem esse processo gera riscos para o consumidor, que pode acabar, por exemplo, levando um produto mais vazio ou até mesmo com grande risco de acidentes, principalmente quando estocados em locais inadequados. Por isso a importância de saber de onde vem o botijão", alerta.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS