"Vamos fuzilar a petralhada" diz Bolsonaro em vídeo - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

"Vamos fuzilar a petralhada" diz Bolsonaro em vídeo

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 3 de setembro de 2018 - 0 Comentários

Assessoria diz que “fuzilar a petralhada” foi mais uma brincadeira de Bolsonaro



Durante o final de semana, o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, fez campanha no estado do Acre, em Rio Branco. Durante um dos discursos, em cima de um carro de som, ele pegou o tripé de uma câmera, levantou, imitou estar atirando e disse “vamos fuzilar a petralhada aqui do Acre. Vamos botar esses picaretas para correr do Acre”.
O vídeo não foi publicado nas redes sociais do candidato, mas se espalhou pela internet. Ao jornal carioca Extra, a assessoria de imprensa do capitão reformado do Exército disse que a ação “foi uma brincadeira, como sempre”.
Ainda no discurso, Bolsonaro disse “já que gostam tanto da Venezuela, essa turma tem que ir para lá. Só que lá não tem nem mortadela. Vão ter que comer capim mesmo”. Rindo, o deputado federal foi ovacionado.
Nos canais oficiais dele, foram publicados registros da passagem por Rio Branco, mas do seu encontro com índios e a recepção no aeroporto.
Reprodução/YouTube/yahoo


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS