Ex-mulher de Bolsonaro nega ameaça relatada em telegrama - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Ex-mulher de Bolsonaro nega ameaça relatada em telegrama

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 26 de setembro de 2018 - 0 Comentários

Ex-mulher de Jair Bolsonaro se diz indignada com reportagem da Folha de São Paulo.



A advogada Ana Cristina Valle, ex-mulher do candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, gravou e divulgou vídeo em que nega ter sofrido uma ameaça de morte relatada em telegrama do Itamaraty, de julho de 2011.
O documento mostra que Bolsonaro recorreu ao Ministério das Relações Exteriores porque Ana Cristina teria viajado para a Noruega com o filho deles, Jair Renan Valle Bolsonaro, sem autorização do pai. Nele, o embaixador Carlos Henrique Cardim relata que Ana Cristina disse ter deixado o Brasil em 2009 por ter sofrido uma ameaça de morte de Bolsonaro. As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo.
Segundo o telegrama do Ministério das Relações Exteriores, de julho de 2011, Jair Bolsonaro consultou o Itamaraty para ter informações sobre a situação de seu filho que tinha 12 anos à época. Sua ex-mulher, Ana Cristina Siqueira Valle, foi consultada em 28 de julho pelo vice-cônsul brasileiro na Noruega, Matheus Henrique Zóqui.
Eis alguns trechos do telegrama obtido pela Folha:
No documento, o então embaixador brasileiro no país, Carlos Henrique Cardim, relata que Ana Cristina contou que havia deixado o Brasil 2 anos antes por ter sido ameaçada de morte por Bolsonaro e considerava 1 pedido de asilo político.

Atualmente, Ana Cristina usa o sobrenome Bolsonaro e é candidata a deputada federal pelo Podemos, no Rio de Janeiro. Na noite desta 3ª feira (26.set), ela divulgou 1 vídeo em que se diz indignada com a reportagem publicada pelo jornal. No Facebook, disse que Bolsonaro é 1 bom pai e bom ex-marido. Eis a íntegra do vídeo:


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação