Bolsonaro cresce após atentado, mas tem a maior rejeição - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Bolsonaro cresce após atentado, mas tem a maior rejeição

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 12 de setembro de 2018 - 0 Comentários

Ciro Gomes (PDT) é que mais vem crescendo, vence  Bolsonaro com maior margem no eventual segundo turno.



Pesquisa Ibope divulgada hoje (11) apresenta o deputado Jair Bolsonaro (PSL) na frente da disputa presidencial. Ele aparece com 26% das intenções de voto, seguido por Ciro Gomes (PDT), com 11%. Marina Silva (Rede) pontua com 9%, empatada com Geraldo Alckmin (PSDB). Fernando Haddad, oficializado hoje candidato do PT, tem 8% das menções. Alvaro Dias (Podemos), João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) estão com 3%. Vera (PSTU) e Cabo Daciolo (Patriota), aparecem com 1%. João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram. Brancos e Nulos somam 19% e não sabe/não respondeu 7%.

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (candidatos nos quais o eleitor diz que não votará de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
Jair Bolsonaro (PSL): 26%;
Ciro Gomes (PDT): 11%;
Marina Silva (Rede): 9%;
Geraldo Alckmin (PSDB): 9%;
Fernando Haddad (PT): 8%;
Alvaro Dias (Podemos): 3%;
João Amoêdo (Novo): 3%;
Henrique Meirelles (MDB): 3%;
Vera (PSTU): 1%;
Cabo Daciolo (Patriota): 1%;
Guilherme Boulos (PSOL): 0%;
João Goulart Filho (PPL): 0%;
Eymael (DC): 0%;
Branco/nulos: 19%;
Não sabe/não respondeu: 7%.
Nas simulações para o segundo turno, Bolsonaro perde para Ciro (40% a 37%) e Alckmin (38% a 37%), empata com Marina em 38% e vence de Haddad, por 40% a 36%.
O candidato do PSL segue líder no quesito rejeição com 41%, seguido por Marina, que tem 24%. Confira: Bolsonaro: 41%; Marina: 24%; Haddad: 23%; Alckmin: 19%; Ciro: 17%; Meirelles: 11'%; Cabo Daciolo: 11%; Eymael: 11%; Boulos: 11%; Vera: 11%; Amoêdo: 10%; Alvaro Dias: 9%; João Goulart Filho: 8%; Poderia votar em todos: 2%; Não sabe/não respondeu: 11%.
A margem de erro é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos. A consulta ouviu 2.002 eleitores entre os dias 8 e 10 de setembro e o nível de confiança é de 95%.
O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral, sob o número BR-05221/2018.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS