Zé Ronaldo assegura abertura do Hospital Regional, em Ilhéus - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Zé Ronaldo assegura abertura do Hospital Regional, em Ilhéus

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 26 de agosto de 2018 - 0 Comentários

 O candidato fez caminhada pelas de Ilhéus prometendo prioridade para a saúde




A caravana da coligação Coragem para Mudar a Bahia participou de uma caminhada em Ilhéus, no sul da Bahia e o candidato ao governo, Zé Ronaldo, foi parado diversas vezes para ouvir queixas da população sobre a situação da saúde no município. Os moradores relataram que enfrentam dificuldades de atendimento na rede pública de saúde. O governo do PT inaugurou o Hospital do Cacau, mas fechou o Hospital Regional, considerado de extrema importância para a região.
Segundo o bancário Gilmar Bonfim, a substituição piorou a qualidade do serviço na cidade. “O Hospital Regional sempre foi um instrumento de saúde de extrema importância para a nossa região. Não esperávamos que o governo do PT fosse abrir um e fechar o outro. Houve muita propaganda, mas a gente que vive aqui sabe que não melhorou, pois a população tem que se deslocar quilômetros para chegar à nova unidade. Além disso, o número de leitos não é suficiente para atender o nosso povo. Muitas pessoas já morreram e não queremos que isso continue a acontecer”,
Como já tinha dito em outras oportunidades, Zé Ronaldo garantiu que reveria o fechamento do Hospital Regional como uma das primeiras medidas da sua administração a partir do mês de janeiro. “A saúde será prioridade e o povo baiano será respeitado com tratamento de qualidade e mais humano”. O ex-prefeito de Feira de Santana foi apoiado pelo prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto, e pela candidata a vice-governadora, a médica Mônica Bahia, que também firmou compromisso pela melhoria do atendimento na rede de saúde e o fim das filas na regulação.
Milhares de pessoas acompanharam a caminhada de Zé Ronaldo, Mônica, ACM Neto, dos candidatos ao senado irmão Lázaro e Jutahy Junior, candidatos a deputados estadual e federal e vereadores da região pelas ruas do centro de Ilhéus.
“Que acolhimento, que carinho. Obrigado, Ilhéus. Saio com a certeza de que a mudança começa no interior e com mais vontade de trabalhar para devolver a vocês o Hospital Regional”, assegurou Zé Ronaldo. O líder local, Araújo, mostrou confiança nas mudanças propostas pelo candidato. “Quero ver Zé Ronaldo, que é um homem competente e sensível ao clamor do povo, administrando a Bahia, para ver a saúde de Ilhéus e de todo o Estado voltar a funcionar. É a hora da virada. Queremos sim mudança e queremos para melhor. Será Zé Ronaldo para governador”.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação