Justiça suíça revogar efeito suspensivo de Paolo Guerrero - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Justiça suíça revogar efeito suspensivo de Paolo Guerrero

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 23 de agosto de 2018 - 0 Comentários

Contrato pelo Internacional o atleta  não joga mais em 2018






O atacante Paolo Guerrero e o Internacional receberam uma notícia ruim na manhã desta quinta-feira.
A Suprema Corte suíça decidiu revogar o efeito suspensivo concedido pelo Tribunal Federal do país. Agora, o atacante peruano terá de cumprir o restante de sua pena, que vai até o final de 2018.
A informação foi trazida pelo repórter Eric Faria, da TV Globo. Agora, Guerrero esgotou seus recursos e não tem mais opções jurídicas para tentar reverter a decisão.
Contratado recentemente pelo Inter, com um contrato de três temporadas, ele foi condenado originalmente por um ano em 2017, por doping causado por um metabólito da cocaína. O TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) ampliou a suspensão para 14 meses, mas Guerrero conseguiu a redução para seis meses junto à Fifa.
De acordo com a repórter Bibiana Bolson, o clube gaúcho não terá de pagar os salários de Guerrero após a queda da liminar. O Inter está 'protegido' contratualmente, e o vínculo entre os dois lados permanece 'congelado'.
A redução de pena permitiu que Guerrero voltasse a atuar pelo Flamengo e disputasse a Copa do Mundo da Rússia com a seleção do Peru.
A expectativa era de que o peruano fizesse sua estreia com a camisa do Inter neste domingo, quando o time recebe o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS