Justiça suíça revogar efeito suspensivo de Paolo Guerrero - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

O Brasil não terá mais cubanos no Programa mais Médicos

Depois de “ameaçadoras e depreciativas” de Bolsonaro Cuba chama de volta os médicos O Ministério da Saúde Pública de Cuba anunciou na...


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




MAIS LIDAS DO MÊS


Justiça suíça revogar efeito suspensivo de Paolo Guerrero

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 23 de agosto de 2018 - 0 Comentários

Contrato pelo Internacional o atleta  não joga mais em 2018






O atacante Paolo Guerrero e o Internacional receberam uma notícia ruim na manhã desta quinta-feira.
A Suprema Corte suíça decidiu revogar o efeito suspensivo concedido pelo Tribunal Federal do país. Agora, o atacante peruano terá de cumprir o restante de sua pena, que vai até o final de 2018.
A informação foi trazida pelo repórter Eric Faria, da TV Globo. Agora, Guerrero esgotou seus recursos e não tem mais opções jurídicas para tentar reverter a decisão.
Contratado recentemente pelo Inter, com um contrato de três temporadas, ele foi condenado originalmente por um ano em 2017, por doping causado por um metabólito da cocaína. O TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) ampliou a suspensão para 14 meses, mas Guerrero conseguiu a redução para seis meses junto à Fifa.
De acordo com a repórter Bibiana Bolson, o clube gaúcho não terá de pagar os salários de Guerrero após a queda da liminar. O Inter está 'protegido' contratualmente, e o vínculo entre os dois lados permanece 'congelado'.
A redução de pena permitiu que Guerrero voltasse a atuar pelo Flamengo e disputasse a Copa do Mundo da Rússia com a seleção do Peru.
A expectativa era de que o peruano fizesse sua estreia com a camisa do Inter neste domingo, quando o time recebe o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação