Itiruçu: Vereadores entra na justiça para anular eleição da Câmara - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu: Vereadores entra na justiça para anular eleição da Câmara

Por: Ed Santos - quinta-feira, 2 de agosto de 2018 - 0 Comentários





Na primeira sessão da câmara de Itiruçu, depois do recesso dos vereadores que ocorreu na noite de quarta feira, só cinco vereadores compareceram na plenária.

Segundo o informado apenas os vereadores Ezequiel, Helinho, Aguinaldinho, Ito do Feto e Duda de Zili compareceram na sessão. Não compareceram os vereadores Robertão, Paulinho, Nino e Jó de Ju. Os motivos das ausências não foram informados.

Informações que chegaram ainda nesta noite de quinta é que os quatro vereadores faltosos na ultima sessão arquitetaram uma ação jurídica para tentar destituir a nova mesa diretiva eleita no ultimo dia 28 de junho, quando os próprios impetrantes da ação na época faltaram e desistiram de lançarem chapa. A desistência na época teria sido por que o candidato à reeleição Ezequiel Borges tinha os cinco votos, ou seja, a maioria absoluta, segundo o jurídico da própria câmara, enquanto a outra composta por Jó de Ju e Nino só alcançava quatro votos.

O grupo dos quatros edis, sendo dois de oposição Robertão e Paulinho e dois de situação Nino e Jó que não aceitam Ezequiel como presidente reeleito. Na época o ex prefeito Aílton Cezarino teria anunciado que a eleição era nula pois não alcançava na visão do mesmo a maioria absoluta e por ter sido feito de forma considerada por ele como irregular a mudança da lei para alterar a data da eleição para a qualquer tempo, por não ter sida publicada a tempo a sanção. A posição do ex prefeito foi seguida pelos vereadores.

O argumento do presidente da Câmara é de que a lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Câmara foram seguidos, mediante mudanças aprovadas  que permitiu antecipar a eleição para mesa diretora Biênio 2019/2020.

Nino e Jó fazem parte da mesma base política do presidente da Câmara Ezequiel, mas alegaram discordarem da urgência para mudança da lei orgânica, o que teria os levado a renunciarem aos cargos que ocupavam na direção da Câmara ao lado de Borges; o de vice-presidente por Nino e de 1º Secretário por Jó de Jú. Na época Jó também disseram que não vinha satisfeitos com a gestão do presidente e queriam mudanças

O processo foi assinado pelo advogado Dr. Lucas Brito Michel Tolomei, protocolado nesta quinta-feira (02). Aguarda-se o posicionamento da justiça. A situação pode resultar num longo embate judicial caso a liminar seja concedia e que certamente poderá ser contestada com outra.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores