Presidente da UPB é contra a criação de novos municípios - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Presidente da UPB é contra a criação de novos municípios

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de julho de 2018 - 0 Comentários

 Se depender distrito com Stela Dubois (Entroncamento de Jaguaquara) não terá sua emancipação



O presidente da União dos Municípios da Bahia, Eures Ribeiro (PSD), disse, nesta terça-feira(17), que é contra o projeto, que tramita no Congresso Nacional, para autorizar a criação de novos municípios. Para ele, a proposta é uma “forma absurda de enxergar a questão republicana”. “Temos 417 municípios, os menores são os que mais sofrem. Você criar mais municípios, com mais dificuldades financeiras, já nascem em um estado de penúria. Não acho que é por aí que se cria uma Bahia melhor”, afirmou, em entrevista à rádio Metrópole. Hoje, o Brasil tem 5.570 prefeituras. Na Bahia, estima-se que, pelo menos, 20 povoados têm a pretensão de virar cidade. O deputado federal Paulo Azi (DEM) tem defendido a matéria. No entendimento dele, é justo o interesse destas regiões.

Ainda na entrevista, o mandatário da UPB criticou a “falta de preparo” da Defesa Civil nacional para combater a seca na Bahia.  “Fui com um grupo de prefeitos e infelizmente não se encontrou uma nova forma para combater a seca. […] Nós ficamos surpresos com a falta de preparo da Defesa Civil Nacional, que não tinha nem informação sobre as cidades. Há quanto tempo tem seca no sertão? Por maior que seja a crise do país, existe recurso emergencial. Não é possível que não nos atendam”, disse Eures Ribeiro, que também é prefeito de Bom Jesus da Lapa.

De acordo com ele, as prefeituras do interior da Bahia não têm recursos para reduzir os efeitos da crise hídrica.  “O caminhão-pipa ainda é a única medida e foi suspenso em vários municípios da Bahia. No Nordeste, como um todo, teve um número de chuvas significativas, exceto na Bahia. […] Você colocar com recursos do município é impossível. O ministro [das Cidades, Alexandre Baldy] se comprometeu conosco. Agora, voltaremos na quarta com Exército para retomar a operação”, pontuou.
Fonte: Tribuna da Bahia


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores