Presidente da UPB é contra a criação de novos municípios - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Presidente da UPB é contra a criação de novos municípios

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de julho de 2018 - 0 Comentários

 Se depender distrito com Stela Dubois (Entroncamento de Jaguaquara) não terá sua emancipação



O presidente da União dos Municípios da Bahia, Eures Ribeiro (PSD), disse, nesta terça-feira(17), que é contra o projeto, que tramita no Congresso Nacional, para autorizar a criação de novos municípios. Para ele, a proposta é uma “forma absurda de enxergar a questão republicana”. “Temos 417 municípios, os menores são os que mais sofrem. Você criar mais municípios, com mais dificuldades financeiras, já nascem em um estado de penúria. Não acho que é por aí que se cria uma Bahia melhor”, afirmou, em entrevista à rádio Metrópole. Hoje, o Brasil tem 5.570 prefeituras. Na Bahia, estima-se que, pelo menos, 20 povoados têm a pretensão de virar cidade. O deputado federal Paulo Azi (DEM) tem defendido a matéria. No entendimento dele, é justo o interesse destas regiões.

Ainda na entrevista, o mandatário da UPB criticou a “falta de preparo” da Defesa Civil nacional para combater a seca na Bahia.  “Fui com um grupo de prefeitos e infelizmente não se encontrou uma nova forma para combater a seca. […] Nós ficamos surpresos com a falta de preparo da Defesa Civil Nacional, que não tinha nem informação sobre as cidades. Há quanto tempo tem seca no sertão? Por maior que seja a crise do país, existe recurso emergencial. Não é possível que não nos atendam”, disse Eures Ribeiro, que também é prefeito de Bom Jesus da Lapa.

De acordo com ele, as prefeituras do interior da Bahia não têm recursos para reduzir os efeitos da crise hídrica.  “O caminhão-pipa ainda é a única medida e foi suspenso em vários municípios da Bahia. No Nordeste, como um todo, teve um número de chuvas significativas, exceto na Bahia. […] Você colocar com recursos do município é impossível. O ministro [das Cidades, Alexandre Baldy] se comprometeu conosco. Agora, voltaremos na quarta com Exército para retomar a operação”, pontuou.
Fonte: Tribuna da Bahia


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS