Itiruçu com baixa procura de vacina conta poliomielite - Itiruçu Notícias - Vocé conectado com a informação
Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

TRE-BA convoca quase 3 milhões de eleitores a partir desta segunda

A Justiça Eleitoral convoca, a partir desta segunda-feira (13/5), eleitores de 281 cidades baianas para realizar o cadastramento biométrico obrigatório. De acordo com cronograma definido pelo TRE da Bahia, a revisão extraordinária deverá ser concluída em todos os municípios participantes antes das Eleições Municipais de 2020. Ao todo, 2,9 milhões de cidadãos serão atingidos por este, que é o último ciclo da biometria no estado. Atualmente, o índice geral de eleitores com identificação biométrica na Bahia é de 73,30%, o que representa mais de sete milhões de cidadãos com as digitais cadastradas.
A nova fase da biometria no estado tem como prioridade o agendamento, por meio de site e telefone. A abertura do serviço ocorreu no último dia 6 de maio. Apenas no primeiro dia de ativação do serviço, mais de 6 mil horários foram marcados.
Para o atendimento com hora marcada, o eleitor deverá acessar o endereço eletrônico agendamento.tre-ba.jus.br ou ligar para Central de Atendimento (71) 3373-7223. Para agendar, o interessado deve informar CPF, nome completo e data de nascimento. Entre os dados opcionais estão o número do título de eleitor e nome completo do pai e da mãe....CONTINUE LENDO

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS



BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Itiruçu com baixa procura de vacina conta poliomielite

Por: Ed Santos - quarta-feira, 4 de julho de 2018 - 0 Comentários

Outros  três municípios da regiãod o Vale do Inquirira  também  tem pouca procura



Segundo dados do Ministério da Saúde Itiruçu está entre os 312 municípios no Brasil com baixa cobertura pela vacinação contra a poliomielite, ou paralisia infantil. O município está com apenas 38,89% do público alvo imunizado. Outros municípios da região também está na lista: Itaquara 1,6%; Milagres 3,08%; Irajuba 29,07%; Santa Inês 46,67%; e Ubaíra com 49,81%.
Em contato com nossa reportagem a Secretária de Saúde Ida de Girolamo, nos falou que a secretaria está tomando as providencias para superar a baixa adesão dos pais para a vacinação de crianças, e que agentes comunitários de saúde estão de casa em casa buscando orientar as famílias para a importância da vacinação.
O Ministério da Saúde emitiu  alerta para evitar retorno da doença no país. Controle é garantido quando pelo menos 95% das crianças são vacinadas.
Não há casos de paralisia infantil no Brasil, ressalta o governo. O último registro do vírus selvagem foi feito 1989 em Souza, na Paraíba. A ação, no entanto, tem o objetivo de evitar um possível retorno da doença.

De acordo com o site tuasaude.com, a vacina contra a poliomielite, também conhecida como VIP ou VOP, é uma vacina que torna a criança protegida contra 3 tipos diferentes do vírus que causa esta doença, também conhecida popularmente como paralisia infantil.
Para garantir a melhor proteção é preciso tomar 5 doses da vacina, sendo que, segunda a OMS, as primeiras 3 doses devem ser aplicadas através de uma injeção (VIP) no músculo da coxa do bebê e, as outras 2 doses podem ser feitas por injeção ou por gotinhas orais (VOP).

Desta forma, a vacinação completa contra poliomielite deve estar de acordo com o esquema:

2 Meses: através de injeção - VIP;
4 Meses: através de injeção -VIP;
6 Meses: aplicadas 2 gotas na boca - VIP;
15 Meses: aplicadas 2 gotas na boca- VIP ou VOP;
4 Anos: aplicadas 2 gotas na boca - VIP ou VOP.

Assim, todas as crianças até os 5 anos devem participar do programa da vacinação contra a poliomielite e é importante que os pais levem a caderneta de imunização para registrar a administração das vacinas. Veja quais as outras vacinas que fazem parte do calendário de vacinação infantil.

Preço da vacina contra poliomielite
A vacina contra poliomielite é gratuita e é oferecida pelo Sistema Único de Saúde e é aplicada nos postos de saúde por um enfermeiro.

Quando tomar a vacina

A vacina contra a paralisia infantil deve ser feita a partir das 6 semanas de vida e até os 5 anos de idade. No entanto, pessoas que não fizeram esta vacina podem fazer a vacinação, mesmo na idade adulto.

Como deve ser o preparo

Para tomar a vacina injetável (VIP) não é necessário qualquer tipo de preparo especial, no entanto, caso o bebê faça a vacina oral (VOP) é aconselhado interromper o aleitamento materno até 1 hora antes, para evitar o risco de golfar. Caso o bebê vômito ou golfe após a vacina, deve-se fazer uma nova dose, para garantir a proteção.

Quando não se deve tomar
A vacina contra poliomielite não deve ser administrada em crianças com sistema imune enfraquecido causado por doenças como Aids, câncer ou após transplante de órgãos, por exemplo. Nesses casos, a crianças deve primeiro ir no pediatra e, caso este indique a imunização contra a poliomielite, fazer a vacina em Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais.

Além disso, a vacinação deve ser adiada no caso da criança se encontrar doente, com vômitos ou diarreia, pois a absorção da vacina pode não ocorrer.

Possíveis efeitos colaterais da vacina
A vacina contra a paralisia infantil raramente apresenta efeitos colaterais, mas quando estes surgem são a febre, mal estar, diarreia e dor de cabeça. Caso a criança comece a apresentar sintomas de paralisia, uma complicação extremamente rara, os pais devem levá-la ao hospital o mais rápido possível. Veja quais os principais sintomas de poliomielite.

Além desta vacina, a criança precisa de tomar outras vacinas como contra a Hepatite B ou Rotavírus, por exemplo.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS