Sem-tetos são retirados à força de terreno após reintegração - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Sem-tetos são retirados à força de terreno após reintegração

Por: Ed Santos - quarta-feira, 11 de julho de 2018 - 1 Comentários

Em  Entroncamento de Jaguaquara  os barracos de sem tetos foram destruídos após ordem de reintegração.




Várias pessoas sem tetos que ocupavam um terreno abandonado nas imediações da BR 420 no Entroncamento de Jaguaquara foram expulsos do lugar pela Polícia Militar de Jaguaquara, após uma ordem judicial na manhã desta quarta feira (10).

A ação se deu depois de um termo de reintegração de posse após boletim de ocorrência impetrado pelo proprietário. Não há um numero exato de ocupantes, mas sabe-se que várias famílias de baixa renda, sem ter para onde ir, ocuparam o terreno da fazenda que tem no total 155 hectares.
Amontoados em barracos essas pessoas viviam em condições muitas das vezes sub-humanas, mas agora a situação deve ficar pior, pois muitas famílias terão que recorrer a solidariedade de parentes, e muitos ficarão sem saber para onde ir.

O grupo de sem tetos não são vinculados a nenhuma organização habitacional como MTST ou fundiária como MST. Para a expulsão dos sem tetos foram usadas, inclusive um ônibus com PMs, ambulância do Corpo de bombeiros e uma caçamba onde foi colocado os restos dos barracos destruídos.

Nenhuma autoridade se pronunciou até o momento publicamente como poderiam auxiliar e fazerem acompanhamentos dessas pessoas em estado de vulnerabilidade.


Não se esqueça de ler isso também ...

1 comentários:

  1. Vamos ver se este individuo vai investir algum centavo neste pedaço de terra que foi ocupado por estas familia carente...

    ResponderExcluir

Colaboradores