A principio 5 candidatos disputaram o governo da Bagia - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Plantão Escolar de matriculas vão até dia 08/02

A secretaria de Educação  do município de Itiruçu está realizado o esquema de plantão escolar matriculas em toda rede municipal de ens...


EDITORIAL

Refletindo: Histórias da politica de Itiruçu: O Otimista

Essa quem contava era o saudoso amigo Aguinaldo Pires (Gal Pires), ex- vereador e ex-presidente da câmara de Itiruçu, grande contador de causo, que morreu há três anos em um trágico acidente na BR-116 nas imediações de Itatim – BA.
1962, ano de eleição, em Itiruçu a disputa foi entre Valdeck Almeida (UDN), candidato do ex- prefeito Zé Bonfim e Josias Duarte (PSD), apoiado por Vivaldo Bastos e pelo ex-prefeito Geir Magalhães, tinha o povoado do Upabuçu como seu reduto eleitoral. Em um comício em Upabuçu, Josias percebeu certo desânimo no eleitorado, a incerteza da vitória era flagrante.
CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


A principio 5 candidatos disputaram o governo da Bagia

Por: Itiruçu Notícias - sexta-feira, 13 de julho de 2018 - 0 Comentários

PRTB, MDB, DEM, PSOL e PT são os partidos que largam na frente para confirmação de seus candidatos




Cinco partidos já anunciaram seus pré-candidatos ao cargo de governador da Bahia para as eleições de 2018. O G1 fez uma lista dos nomes e traz, abaixo, o perfil de cada um, por ordem alfabética.<br O pleito ocorrerá no dia 7 de outubro, em primeiro turno, e no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno.
Nenhuma candidatura foi oficializada ainda, no entanto, porque as convenções partidárias, realizadas para as definições dos nomes, ocorrem entre 20 de julho e 15 de agosto, conforme calendário eleitoral divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
O registro das candidaturas no TSE, portanto, deve feito até 15 de agosto, e os requerimentos serão julgados até 17 de setembro, de acordo com o órgão.
Mas os nomes já são conhecido no meio político e se articulam rumo ao palacio de Ondina.

João Henrique (PRTB) de 60 anos que já foi prefeito de Salvador por dois mandatos, entre 2005 e 2013. Filho do ex-governador João Durval Carneiro (PDT), João Henrique foi duas vezes vereador de Salvador, tendo sido eleito pela primeira vez em 1988. Em 1994, concorreu à Assembleia Legislativa da Bahia, sendo eleito deputado estadual pelo PDT com 26.455 votos.


João Santana (MDB), de 74 anos, na política  atuou como ministro da Integração Nacional no governo Lula, em 2010, após a saída de Geddel Vieira Lima. Antes disso, ocupou o cargo de Secretário de Infraestrutura Hídrica, que assumiu em maio de 2007. Ainda presidiu a seção baiana da Fundação Ulysses Guimarães, do extinto PMDB, além de ter sido delegado nacional e presidente do diretório estadual baiano do partido. Atualmente é o presidente do MDB na Bahia.

José Ronaldo de Carvalho (DEM), de 66 anos,  na  vida política teve início em 1976, na Câmara de Vereadores de Feira, pelo partido Arena. Em 1986 foi eleito deputado estadual e reeleito nos anos de 1990 e 1994. No final dos anos 90, se elegeu deputado federal, com a terceira maior votação do estado. Em 2000, voltou à política local como prefeito de Feira de Santana e se reelegeu em 2004. Voltou ainda à prefeitura em 2012 e foi reeleito em 2016. Ainda disputou o cargo de senador na eleição de 2014, mas não se elegeu., ele estava no quarto mandato como prefeito de Feira e deixou o cargo, em abril deste ano, para concorrer ao governo do estado.

Marcos Mendes (Psol), de 53 anos, Iniciou sua vida política ainda como estudante, militando no movimento estudantil. Concorreu ao primeiro cargo eletivo em 2006, como deputado federal. Foi candidato a vereador por duas vezes, em 2008 e em 2012.
Nas eleições de 2010, também disputou o cargo de governador e, apesar de não ter sido eleito, alcançou 31.705 votos válidos. Já em 2014, ele obteve 50.891 Votos.
Rui Costa ( e PT), de 55 anos,  A vida política começou no Polo Petroquímico de Camaçari, na década de 1980, quando passou a frequentar assembleias de trabalhadores em crítica às condições da fábrica. Aos 22 anos, foi um dos líderes da greve que paralisou o Polo.
Foi presidente do Sindiquímica e ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores (PT). Em 2000, foi eleito vereador pela capital baiana e reeleito em 2004. Entrou no governo de Jaques Wagner em 2007 como Secretário de Relações Institucionais. Em 2010, deixou o cargo para ser deputado federal. Dois anos depois, se tornou o cargo de Secretário-Chefe da Casa Civil da Bahia, no segundo mandato de Jaques Wagner. Assumiu o governo do estado em 2015 e, agora, busca a reeleição.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores