Junho o mês do preto da prevenção do melanoma - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Junho o mês do preto da prevenção do melanoma

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 1 de junho de 2018 - 0 Comentários

Cores da Saúde aponta para cuidados para a prevenção do melanoma



O melanoma, o mais grave dos tipos de câncer que atingem a pele, desenvolve-se nas células chamadas melanócitos, que dão pigmentação para a pele. Como estas células são produtoras de melanina, a maior parte dos melanomas têm coloração escura. No entanto, também existem melanomas não-pigmentados, de coloração rosada, branca ou bege.
 

Diagnóstico
Este tipo de câncer pode se desenvolver em qualquer parte do corpo, sendo mais propenso em regiões que ficam mais expostas à luz solar, como tronco, pernas, pescoço e rosto. Pessoas com pele mais pigmentada têm um risco menor de melanoma nos locais mais comuns, mas qualquer pessoa pode desenvolver esse tipo de câncer nas palmas das mãos, plantas dos pés, e sob as unhas.

Tratamento
Tendo confirmado o diagnóstico, a cirurgia é a principal opção terapêutica para o tratamento do melanoma. Doenças em estágios iniciais são, geralmente, curáveis com a excisão completa. Porém, se a doença está avançada e se espalhou para outros órgãos, como pulmões ou cérebro, é pouco provável que seja curável por cirurgia. Nesses casos, pode ser necessário o tratamento com medicamentos, como a quimioterapia. 

Prevenção
Ações de prevenção podem ser realizadas para que as chances de desenvolvimento de melanoma sejam diminuídas. Para isso, o indivíduo deve adotar comportamentos que minimizem este risco, como:

1) Limitar a exposição à radiação ultravioleta: é muito importante proteger-se do sol através da utilização de filtro solar, roupas com mangas, uso de chapéu e evitar a exposição nos horários de radiação extremamente intensa.

2) Evitar o bronzeamento artificial: os raios ultravioleta das câmaras de bronzeamento não são totalmente inofensivos e, a longo prazo, podem provocar danos na pele e contribuir com o desenvolvimento do câncer.

3) Prestar atenção em pintas ou manchas irregulares: verificar a pele regularmente e prestar atenção em pintas que aumentam de tamanho ou tornam-se irregulares é importante para o diagnóstico precoce de um câncer de pele. Se você tem muitas pintas, consulte periodicamente um dermatologista, que realizará exames de rotina, além de recomendar que você faça mensalmente o autoexame da pele.
(fonte: Fonte: Inorp )


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores