Cuidados para evitar acidentes nas festas junina - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Cuidados para evitar acidentes nas festas junina

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 21 de junho de 2018 - 0 Comentários

Cerca de 40% das internações hospitalares são decorrentes de acidentes de trânsito. 



De 2000 a 2017 foram registradas 34.534 mortes em acidentes de trânsito, o equivalente à população de cidades baianas como Cachoeira ou Riachão do Jacuípe. Deste total, 6.695 pessoas estavam dirigindo motos, enquanto 12.080 eram ocupantes de carros.
Os acidentes de moto representam hoje o maior e mais grave problema de saúde pública do estado, tendo em vista os elevados custos econômicos e sociais, além da elevada taxa de ocupação de leitos hospitalares, visto que são pacientes politraumatizados.
Em 2018, até junho, já somam 723 óbitos por acidentes de trânsito. Por isso, nesta época do ano, em que muitos pegam a estrada para curtir os festejos juninos no interior do Estado, o alerta é redobrar os cuidados, sobretudo considerando que uma das bebidas mais consumidas durantes as festas é o tradicional licor. Muito adocicado, a pessoa vai bebendo e pode demorar de perceber o efeito do álcool, que não combina com direção. E este ano, tem mais um agravante, os jogos da Copa do Mundo, que pedem uma bebida para acompanhar as comemorações.
Mas Edna Pereira Rezende, que faz parte do Grupo de Trabalho de Causas Externas da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), ressalta que, além do álcool, outros fatores influenciam para o alto índice de mortalidade no trânsito. De acordo com a técnica, vai desde fatores comportamentais, passando pela falta de revisão do veículo antes da viagem, até aqueles motoristas que só dirigem no perímetro urbano e, nesta época, decidem enfrentar as estradas. "São fatores que, mesmo com todas as barreiras físicas como redutores de velocidade, passarela, fiscalização, não conseguem impedir os acidentes". De acordo com ela, a maioria dos óbitos ocorre com homens na faixa etária entre 20 a 29 anos.
Edna Rezende orienta que, antes de pegar a estrada, é necessário fazer revisão nos carros; não beber (motorista); ter cuidado para não dormir ao volante, sobretudo pessoas que tomam algum medicamento que induzem ao sono; utilizar os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), por exemplo, o uso de capacete, no caso de motos; ficar atento à sinalização e à velocidade permitida para a via que estiver trafegando, dentre outros.
Ascom Sesab


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação