Mutuípe: Sesab confirmam falta de prioridade para cirurgias eletivas - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


Mutuípe: Sesab confirmam falta de prioridade para cirurgias eletivas

Por: Redação Itiruçu Notícias - segunda-feira, 26 de março de 2018 - 0 Comentários

Solla intermédia a realização de cerca de 100 cirurgias eletivas por mês em Mutuípe


A superintendente de Regulação da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), Ana Paula Andrade, expôs dados que evidenciam a falta de prioridade da prefeitura Mutuípe em relação às cirurgias eletivas. De acordo com a programação mensal para a execução das intervenções apresentada pela superintendente em audiência pública na Câmara de Mutuípe, na última quinta-feira (22), a gestão municipal deslocou todas as cirurgias eletivas para serem realizadas em outras cidades.
Se a prefeitura segue na contramão dos investimentos em cirurgias eletivas em Mutuípe, o deputado federal Jorge Solla intermediou junto ao secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, para que o Hospital Clélia Rebouças passe a realizar cerca de 100 cirurgias eletivas por mês. Serão procedimentos como histerectomia, vasectomia, laqueadura, cirurgias de hérnia e de hemorróidas.
“Esses dados apresentados pela superintendente Ana Paula demonstram o descaso da gestão municipal em relação às cirurgias eletivas, alegando desconhecer que o Hospital Clélia Rebouças fazia essas cirurgias. Conseguimos, graças ao secretário Fábio Vilas-Boas e o governador Rui Costa, um valor para cirurgias eletivas que corresponde a mais de nove vezes os recursos que haviam sido programados e que foram retirados pela prefeitura”, declarou Jorge Solla.
O município retirou um total de R$ 12,8 mil em recursos para cirurgias eletivas em Amargosa (R$ 6.008,78), Sapeaçu (R$ 4.658,34) e São Félix (R$ 2.139,66), num total de 18 intervenções que eram realizadas em Mutuípe por mês.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação