Financial Times sobre Lula: é finalmente 'tchau, querido'? - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Financial Times sobre Lula: é finalmente 'tchau, querido'?

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 31 de março de 2018 - 0 Comentários

 Conforme o FT, Lula já tem "praticamente um pé na cadeia"



Usando a expressão em português, o site do jornal britânico Financial Times perguntou se finalmente é "tchau, querido" para o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva. Em sua página na internet, o jornal britânico diz que a verdade tem competido com ficção na política brasileira, mas a primeira saiu vitoriosa, e a potencial desqualificação do ex-metalúrgico para concorrer à eleição presidencial "revela o vácuo de liderança que está no coração da política do País".
A publicação conta que, na parte real do drama, um ônibus da caravana de Lula foi baleado enquanto o líder populista viajava pelo Sul do Brasil, deixando buracos de bala, mas não vítimas. Ainda não foram identificados culpados no ataque. O petista vem como o mais forte esquerdista, com 36% das intenções de voto nas eleições de outubro - o dobro de seu rival mais próximo - e estava em campanha na região em uma última tentativa de aumentar o apoio público antes de um julgamento crítico na próxima semana.

Conforme o FT, Lula já tem "praticamente um pé na cadeia" depois de ser condenado por corrupção por receber favores de uma construtora. De acordo com a lei brasileira, uma vez que uma condenação é confirmada por um tribunal de apelação, um criminoso deve apresentar quaisquer recursos adicionais aos tribunais superiores a partir do "conforto" de sua cela de prisão. Tendo esgotado todos os caminhos possíveis no tribunal de apelações, a última esperança de Lula é um pedido de habeas corpus ao Supremo Tribunal Federal (STF), medida que permitiria que ele permanecesse livre, aguardando novas apelações.
O STF deverá ouvir seu caso na próxima semana. Se decidir contra ele, pode ser "tchau, querido" para o político mais conhecido do Brasil, afirma o FT, explicando que a expressão se trata de uma marca de sua protegida, a ex-presidente Dilma Rousseff, que se tornou um lema para os políticos da oposição.

O tiroteio aumentou o calor do que já promete ser uma eleição divisória. O site destaca que o candidato da extrema direita, Jair Bolsonaro, chegando na mesma região do comboio de ônibus, reiterou seus pedidos para que a polícia possa atirar para matar. Outro proeminente candidato presidencial, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, do PSDB, de centro-direita, disse que o Partido dos Trabalhadores está "colhendo o que plantou".
Mas, no final, a realidade voltou a roubar os holofotes com a libertação da prisão do mais corrupto político do país, Paulo Maluf. Depois de passar apenas alguns meses na prisão após uma vida inteira de casos de corrupção, a Suprema Corte determinou que o parlamentar de 86 anos poderia ser colocado em prisão domiciliar - bem a tempo de celebrar a Páscoa com sua família. "Parece que, apesar do drama sobre a Lava Jato, a impunidade está longe de terminar no Brasil", considerou o site.
Foto Rafael Arbex


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif