Ex-jurado do 'Ídolos', Miranda morre aos 56 anos após mal súbito - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Ex-jurado do 'Ídolos', Miranda morre aos 56 anos após mal súbito

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 23 de março de 2018 - 0 Comentários

Ex-jurado do programa "Ídolos", do SBT, o produtor musical Carlos Eduardo Miranda, mais conhecido como Miranda, morreu na noite desta quinta-feira, aos 56 anos. 



Segundo a publicação da revista Quem., a notícia foi divulgada por Vladimir Alves e pelo programa "TV fama" (Rede TV), que publicaram a notícia em suas páginas do Instagram.
"Luto! Carlos Eduardo Miranda, famoso jurado do “Ídolos”, morreu nesta quinta-feira, 22, aos 56 anos. Ele estava em casa, com a família, quando teve um mal súbito", postou o radialista: "Ele estava em casa, com a família, quando teve um mal súbito.
O "TV fama" falou com Thomas Roth e Arnaldo Saccomani, que também foram do "Ídolos", e confirmada a notícia. os três eram muito amigos.
Miranda ganhou fama ao participar como jurado em realities musicais como "Ídolos" "Astros" e "Qual é o seu talento". Gaúcho de Porto Alegre. Como empresário e produtor, lançou também Skank, Raimundos, O Rappa e Cansei de Ser Sexy. Ele ainda foi o diretor musical do disco de estreia de Gaby Amarantos, "Treme", lançado em 2012 com os hits "Ex Mai Love" (música de abertura da novela "Cheias de Charme") e "Xirley".
"O grande Carlos Eduardo Miranda foi uma figura seminal na nossa história. Foi ele quem chamou a atenção da imprensa do eixo Rio-SP sobre um quarteto que vinha de Minas Gerais e misturava reggae e pop. Foi a chave que abriu a porta pro que viria depois. Ele teria ainda grande contribuição ao longo da nossa carreira, especialmente no disco "Maquinarama". Estamos muito tristes com a notícia de seu falecimento. Que sua travessia seja tão leve e divertida quanto a vida que ele levou aqui. Nossos pensamentos estão com sua filhinha Agnes e sua companheira, Bel. Vá em paz, amigo!" diz o post do grupo mineiro.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif