Itiruçu: Apesar das chuvas, população reclama de falta d'água - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Itiruçu: Apesar das chuvas, população reclama de falta d'água

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 4 de fevereiro de 2018 - 1 Comentários

Com o  mau serviço prestado pela Embasa as chuvas não está sendo suficiente para a população ter água potável 


As fortes chuvas causou pontos de alagamentos na cidade de Itiruçu principalmente em uma das travessais da rua Alcibíades Cunha que dá acesso a Igreja de São Roque, a qual o problema persisti ha décadas.
Mesmo com as chuvas que vem ocorrendo no município moradores reclamam da falta de água nas torneiras de suas casas. A informações que tem ruas da cidade que a  mais de 40 dias não caem água.
Alguns pontos podem ser observados que provoca  a falta de água na sede do município e também no distrito de Upabuçu. Entre eles é o mal gerenciamento da Embasa em seus mananciais, falta de preservação das matas ciliares, ampliação de sua capacidade de armazenamento já que vem aumentando o numero de usuário sem ter uma perceptiva de aumento de armazenamento deste liquido tão precioso para sobrevivência da humanidade. 
A perfuração excessiva de poços artesiano também não seria uma solução definitiva, já que segundo especialistas os poços  pode fazer com que as nascente sejam prejudicadas  trazendo enormes prejuízos ambientais, com a morte  de árvores nas proximidades do poço  que provavelmente mantem viva a vegetação alem que o poço tem duração limitada.
O descaso da Embasa em Itiruçu já dura a décadas e nunca há uma solução para o problema. Já existe um representação contra a empresa no Ministério Publico, porém nunca foi tomada uma providencia.
Enquanto isto a população ver a águas entrando pela suas portas mais nas torneiras não uma gota. E o cidadão ainda é obrigado a pagar todos os meses.
Foto do Leitor via Whatsapp


Não se esqueça de ler isso também ...

1 comentários:

  1. A respeitos dos poços artesianos os senhores governantes utilizam este artifícios além das caixas D’Agua, para fazer um serviço eleitoreiro;
    E claro, as nascentes vão secar… estão secando… um dia, talvez, esses poços secarão pois, cada poço aberto é a interrupção do lençol freático que a natureza levou milhões de anos pra construir, esse lençol interrompido se direciona a uma nascente; e, consequentemente, a nascente sentirá a falta desse lençol… Senhores da politica não seria melhor, trabalhar com a construção de aguadas, barragens, reconstrução de algumas barragens que se encontram em abandono, revitaliza-las manutenção de nascentes que estão abandonados…?
    Um poço artesiano serve a uma família ou algumas famílias, quando uma barragem conserva um clima úmido, um solo fértil, um poço resseca o terreno, pois, a água dele será totalmente canalizada.
    Esqueçam-se de seus bolsos, esqueça a eleição e pense no povo!


    ResponderExcluir

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum