Homem que pulou com corda no pescoço morre depois de 6 dias - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Homem que pulou com corda no pescoço morre depois de 6 dias

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Um vídeo gravado por uma moradora em Simões Filho mostra o momento exato da queda


Homem que tentou suicídio no ultimo sábado (27/1),  amarrando a corda no pescoço e pulou de uma passarela localizada entre a Rua Orlando Moscoso e a Avenida Antonio Carlos Magalhães (Rua da Linha), no Centro de Simões Filho, em frente a Igreja Assembleia de Deus  na região Metropolitana de Salvador faleceu na tarde desta sexta-feira (02).
Waldeck Oliveira Lima, de 60 anos de idade, que segundo as informações tinha sintomas de depressão e deixa um casa de filho e esposa
Segundo as informações de Testemunhas que passavam pelo local flagraram o momento em que Waldeck, desesperado, subiu na passarela, amarrou uma corda no corrimão ,  que fica a cerca de 8 metros de altura,  depois amarrou a corda no pescoço e se jogou, ficando totalmente pendurado, a poucos metros do chão.
Segundo informações do simoesfilhoonline populares subiram rapidamente na passarela e conseguiram cortar a corda, evitando que o homem tirasse a própria vida. Uma enfermeira que passava pelo local, prestou os primeiros socorros e conseguiu reanimar-lo por meio de massagem cardíaca, retornando aos poucos os seus batimentos cardíacos. Em seguida, ele foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Médico de Urgência – Samu e encaminhado em estado grave ao Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF). Mas Waldeck não resistiu aos ferimentos sendo diagnosticado com morte cerebral seis dias após a tentativa de suicídio imediato. O corpo  segundo informações o corpo será velado sabado(03) e sepultado na cidade de Buerarema  domingo (04) as 10horas. (Atualizado 03/02 as 14hs)

center>


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum