Entr. de Jaguaquara: Quadra inconclusa dificulta atividades escolares - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Entr. de Jaguaquara: Quadra inconclusa dificulta atividades escolares

Por: Ed Santos - terça-feira, 6 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

Diretora da Escola disse ainda ter solicitado encarecidamente ajuda do prefeito de Jaguaquara



A obra inconclusa da quadra de esportes da Escola Municipal Everaldo Souza Santos no Entroncamento de Jaguaquara, que além de ser usada para alunos fica disponível também a comunidade do distrito com mais de 10 mil habitantes, vem causando transtornos principalmente para o funcionamento da escola.

A quadra estava em péssimo estado, finalmente há quase três anos que a prefeitura de Jaguaquara com recursos federais iniciou uma obra de reestruturação. Obra esta que ainda não foi inaugurada, apesar de parcialmente concluída, porém já sofre a ação de parte da comunidade que insiste (talvez pela falta de outro espaço de lazer) em usar a quadra e com isso provocando a deterioração das referidas reformas.

Em contato com o programa Primeiro Jornal da Itiruçu FM, a diretora da Escola Leandra Oliveira nos falou das dificuldades para manter a proteção da referida quadra. A diretora disse ainda que inúmeras são as vezes que ela já foi pedir para que as pessoas não usem a quadra antes da conclusão das reformas. Mas que tem sido um trabalho de enxugar gelo.
Ela disse ainda ter solicita encarecidamente do Prefeito Giuliano Martinelli uma solução, por exemplo, colocar uma bica para escoação das águas das chuvas que caem da cobertura da referida quadra e que acaba inundando além da própria quadra o interior da escola. Sendo que nas ultimas chuvas as águas invadiram a secretária e salas de aulas.
Se nada for feito as águas poderão estragar mais rápido o piso e ainda afetará a escola inclusive interferindo nas aulas quando começar o ano letivo.
Ela inclusive disse que a aula inaugural coletiva ocorrida na noite desta segunda feira (5) teve que ser realizada no salão da Igreja Batista do Entroncamento, uma vez que na quadra não havia condição por está inundada e com as chuvas constantes havia o risco de no momento do evento chover e inundar.
Leandra afirmou que o prefeito teria dito que nesta semana tomaria uma providencia que ela está no aguardo com esperança de que uma solução será adotada pelo gestor municipal.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores