Bebê de 1 ano e 4 meses morre afogado após cair em balde - Itiruçu Notícias
Arrow
formatura do Proerd em Itiruçu - Imagens Wilson Novaes


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Bebê de 1 ano e 4 meses morre afogado após cair em balde

Por: Redação Itiruçu Notícias - sábado, 17 de fevereiro de 2018 - 0 Comentários

A criança morreu a caminho da UPA, após sofrer uma parada cardiorrespiratória


Uma criança de um ano e quatro meses morreu nesta sexta-feira (16), após se afogar em um balde de água na Rua Canápolis, no Loteamento Conquista, em Luís Eduardo Magalhães (LEM).
Segundo informações do Blog do Sigi Vilares, a mãe da criança, identificada como Maria Flávia de Jesus, lavava roupas enquanto o menino brincava próximo a ela, quando chegou uma vizinha e ela foi atendê-la. foi quando sipostamente Allan Gustavo Ferreira da Silva teria caido dentro do balde e se afogando.  Familiares socorreram a criança para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas ela morreu no caminho, após sofrer uma parada cardiorespiratoria.
Familiares compareceram à delegacia, onde a avó de Allan foi ouvida pelo escrivão. A mãe estava bastante emocionada e teve que ser amparada pelo seu companheiro de convívio.
O rabecão de Barreiras foi acionado para remover o corpo que se encontra no necrotério da UPA para o IML de Barreiras.





Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif