Programa a Hora do Faro pode ter armado quadro do programa - Itiruçu Notícias
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Ministerio publico é acionado contra a Embasa

Consumidores espera que Ministério Publico defenda a população contra o mal serviço da Embasa. Moradores de Itiruçu entraram nesta ...


Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




MAIS LIDAS DO MÊS


Programa a Hora do Faro pode ter armado quadro do programa

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 30 de janeiro de 2018 - 0 Comentários

Record e Rodrigo Faro são condenados a indenizar ex-participante do quadro “Arruma meu Marido”


Um participante do quadro “Arruma Meu Marido”, que era exibido no programa de Rodrigo Faro, teria sido orientado a ficar desleixado por aproximadamente nove meses para que, assim, pudesse participar do quadro. O caso começou no final de 2011. À época, foi prometido a Walmor Ferreira, o integrante que precisaria de uma melhora estética, que ele ganharia uma reforma no visual. Para isso, ele teve os dentes arrancados. A informação é do
Faro e a emissora terão de pagar R$ 137 mil para Ferreira numa sentença proferida pelo juiz Yale Mendes, da 7ª Vara Cível de Cuiabá. Do total, R$ 57,4 mil são para ressarcimento com gastos referentes a saúde bucal; R4 50 mil referentes aos danos morais; R$ 30 mil por dano estético e R$ 470 por dano material. A decisão ainda cabe recurso.

Segundo Ferreira, em vez de realizar o tratamento prometido, a clínica optou pela extração dos seus 12 dentes, procedimento realizado em dois dias, para a implantação da nova prótese. Por conta da dor, ele desistiu de participar da atração, mas a produção do programa o obrigou, segundo ele afirmou em ação judicial. O argumento usado pela produção do programa foi o de que não poderiam mudar a sua grade.
Um trecho da ação judicial diz que ele participou do programa porque teve a esperança de que ganharia um tratamento dentário adequado, já que estava praticamente sem dentes, mas hoje a situação está pior.

Na ação, ainda consta que ele teve que passar quatro meses se alimentando de líquidos. Embora tenha pedido ao produtor do programa uma solução, nada foi feito, exceto o envio de uma prótese dentária móvel que não fixa em sua boca, porque a gengiva foi, praticamente, mutilada pela dentista da atração.
A Record e o apresentador afirmam que antes da sua participação no programa ele já não possuía a maioria dos dentes e que foi colocada uma prótese provisória enquanto era confeccionada outra, com material mais refinado. O material, segundo a defesa, foi enviado pelo correio.
Hoje, Ferreira recorre a um tratamento psiquiátrico por conta de uma fobia social, uma vez que passou a ser alvo de chacotas, ficando deprimido e com dificuldades para trabalhar.
Informações: O Povo Online / site TV Foco


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação