Professor é preso acusado de 'comprar' virgindade e estuprar aluna - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre Câncer de cólon - Intestino Grosso

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Professor é preso acusado de 'comprar' virgindade e estuprar aluna

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 9 de janeiro de 2018 - 0 Comentários


Uma decoradora de 22 anos e um professor de educação física, de 55 anos, foram presos nesta segunda-feira (8) em Boa Vista, capital de Roraima, por estupro de vulnerável e prostituição de crianças e adolescentes. Eles cumprem prisão preventiva. De acordo com o 'G1', o professor foi conduzido à Cadeia Pública de Boa Vista e a decoradora à Cadeia Feminina, onde ficarão a disposição da Justiça. A investigação teve início após uma denúncia realizada na última sexta-feira (5) por familiares da vítima, uma adolescente de 15 anos. Segundo a delegada responsável pela caso, Eliane Gonçalves, o professor havia pagado pela virgindade da menor à decoradora, irmã da vítima, na época com 12 anos, e desde a adolescência era forçada a manter relações sexuais com o suspeito. "Segundo a vítima, ele pagou R$ 500 pela virgindade dela para a irmã [a decoradora]. E sempre que mantinha relações com ela dava de R$ 100 a R$ 200 e comprava vestidos e calçados", disse a Eliane Gonçalves.
A delegada informou ainda que a jovem responsável por agenciar a própria irmã havia sido aluna do acusado com quem ela se relacionava desde os 7 anos.
"Ela fazia sexo na frente das irmãs e tentou aliciar a mais nova, na época com 10 anos, mas não conseguiu", afirmou. (Noticias ao Minuto)


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif