Rui Costa inaugura Policlínica Regional de Saúde de Jequié - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Motorista alcoolizado que provoca morte. Qual a punição?

O comportamento do brasileiro no trânsito encontra-se longe do recomendável. O número de motoristas que dirigem alcoolizados, inclusive...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Rui Costa inaugura Policlínica Regional de Saúde de Jequié

Por: Redação Itiruçu Notícias - sexta-feira, 22 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


A quarta Policlínica Regional de Saúde foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (22) pelo governador Rui Costa, em Jequié. O equipamento vai atender os 28 municípios que integram o Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região, alcançando mais de 500 mil baianos com oferta de diversos serviços de
saúde.
O governador aproveitou a oportunidade para destacar que o sucesso dos modelos da Policlínica é atribuído ao modelo de gestão, que não tem interferência do Governo do Estado no cargo de direção do equipamento. “Para fugir de uma eventual disputa política, entre lideranças, e garantir uma postura profissional às unidades, foi realizada uma seleção pública para a escolha dos diretores e diretoras das policlínicas. Além disso, os selecionados passaram por um treinamento de capacitação, por um período de um ano e meio, para poderem gerir esse serviço que agora se concretiza. Nenhum deles foi escolhido pelo governador, deputados ou prefeitos. Acho importante destacar esse modelo, que foi adotado do Estado do Ceará, de onde, como já falei anteriormente, pegamos como exemplo o método dos consórcios de saúde com os municípios para a implantação das policlínicas regionais", explicou Rui.
A policlínica de Jequié contou com investimento de R$ 22 milhões, utilizados na realização de obras civis e compra de equipamentos, e oferece atendimento para 14 especialidades, com previsão de ampliação. A unidade ainda emprega mais de 80 profissionais, entre médicos, enfermeiros e apoio administrativo.
Segundo o governador, as policlínicas regionais têm um padrão de qualidade melhor do que muitas clínicas particulares. “Além de aparelhos de alta tecnologia, toda a área interna da unidade é refrigerada, com wi-fi gratuito para pacientes e acompanhantes. Cada detalhe aqui foi pensado e repensado. Estamos inovando, na Bahia, um modelo que garante mais exames para a população, com maior qualidade, e menor custo para os municípios. Este é o sonho de todo gestor”, afirmou Rui Costa.  A manutenção mensal da Policlínica fica sob responsabilidade do Estado, que cobre 40% dos gastos e os 60% restantes serão divididos entre os municípios consorciados.

A Policlínica de Jequié funcionará como as demais unidades do tipo na Bahia em que o atendimento ocorre por regulação para consultas médicas, exames diagnósticos e tratamentos terapêuticos. Cada município que integra o consórcio terá um número determinado de atendimentos que poderão ser realizados por mês. A quantidade será determinada levando em consideração a quantidade de habitantes de cada local.
O transporte dos pacientes de outros municípios será feito em 14 microônibus e uma van, que vão realizar o deslocamento dos pacientes de forma gratuita, entre os municípios do Consórcio. O conforto dos usuários também foi pensado e cada veículo conta com ar-condicionado, wi-fi e assentos especiais para cadeirantes.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores