Morre de pneumonia a atriz Eva Todor, aos 98 anos - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Plantão Escolar de matriculas vão até dia 08/02

A secretaria de Educação  do município de Itiruçu está realizado o esquema de plantão escolar matriculas em toda rede municipal de ens...


EDITORIAL

Refletindo: Histórias da politica de Itiruçu: O Otimista

Essa quem contava era o saudoso amigo Aguinaldo Pires (Gal Pires), ex- vereador e ex-presidente da câmara de Itiruçu, grande contador de causo, que morreu há três anos em um trágico acidente na BR-116 nas imediações de Itatim – BA.
1962, ano de eleição, em Itiruçu a disputa foi entre Valdeck Almeida (UDN), candidato do ex- prefeito Zé Bonfim e Josias Duarte (PSD), apoiado por Vivaldo Bastos e pelo ex-prefeito Geir Magalhães, tinha o povoado do Upabuçu como seu reduto eleitoral. Em um comício em Upabuçu, Josias percebeu certo desânimo no eleitorado, a incerteza da vitória era flagrante.
CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Morre de pneumonia a atriz Eva Todor, aos 98 anos

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 10 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


Morreu em casa por volta das 8h50m da manhã deste domingo a atriz Eva Todor, aos 98 anos. A informação foi confirmada por amigos da artista, que disseram ainda que a causa da sua morte foi pneumonia. O velório público está marcado para segunda-feira, de 9h às 11h, no Teatro Municipal. De lá, a cerimônia continuará na capela de número 8, no Memorial do Carmo, no Caju, onde ela será cremada às 16h.
Eva Todor sofria de Mal de Parkinson e estava longe da TV desde a novela “Salve Jorge”, exibida em 2012. A última aparição pública da atriz foi em novembro de 2014, quando recebeu uma homenagem feita por amigos artistas no Teatro Leblon.
Húngara de nascimento, Eva Todor (que tinha o sobrenome Fodor de batismo) chegou a dançar na Ópera Real de Budapeste. Filha de uma estilista e de um comerciante de tecidos, ela já mostrava talento para a vida artística, mas a realidade complicada do período entre guerras na Europa a fez fugir com a família para o Brasil, em 1929.
A naturalização como brasileira aconteceu com a forcinha de um personagem ilustre. Na década de 1940, quando fazia uma peça no Teatro Municipal, ganhou Getúlio Vargas como admirador, o que facilitou o processo para conseguir a identidade nacional.
Na década de 1950, a atriz comandou um programa próprio na TV Tupi chamado "As aventuras de Eva". Ali, já mostrava a aptidão para o humor que caracterizou suas oito décadas de carreira. Dali para frente, a televisão foi um de seus trabalhos prediletos.
Foi nas novelas e séries televisivas que ela se tornou um rosto conhecido dos brasileiros. Fez "Partido alto" (1984), "De corpo e alma" (1992), "O cravo e a rosa" (2000), entre várias outras. No cinema, Eva fez sua estreia ao lado de Oscarito, em 1960, com "Os dois ladrões", de Carlos Manga. Foram cinco filmes no currículo, o último em 2008 ("Meu nome não é Johnny"). Eva Todor era viúva e não deixa filhos.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores