Arrow

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

Dazo: Um exemplo de vida
Figura muito dócil e querida em toda Itiruçu, alegre e de temperamento fácil, cativante e prestativo; Estou falando de Gildásio Rodrigues de Souza, ou simplesmente DAZO, filho de D. Cecília, irmão de Lucy e Jaime Boró, e cunhado de Didi...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus. - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BÍBLICOS

LEIA A BÍBLIA!

Itiruçu em risco de dengue? O que fazer? Ouça Entrevista

Por: Ed Santos - quinta-feira, 7 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


Resultado de imagem para dengue em ItiruçuA situação do mosquito Aedes Aegypt e´ preocupante. Os dados são do Ministério da Saúde. Além de Itiruçu, Jaguaquara, Lajedo do Tabocal, Itaquara, Irajuba, Santa Inês, Maracás e Jequié também devem ficar em alerta. Entre os municípios da região em situação de perigo estão Milagres, Itatim, Manoel Vitorino, Nova Itarana, Ubatã, Mutuípe e Amargosa. O mosquito Aeds Aegypt é o principal transmissor da dengue, zica e Chicungunya. Doenças que podem matar. É fundamental que as prefeituras intensifiquem a campanha de conscientização. É importante que a população também faça sua parte, evitando deixar agua represada em recipiente aberto nos quintais das residências e em terrenos. Prevenir essas doenças é dever de todos nós.

O índice é considerado de risco quando atinge maior que 4 no índice de infestação predial. De alerta quando vai de 1 a 3,9 e satisfatório até 0,9. Em Itiruçu, o índice era de 3,7 portanto beira a zona de risco. Em Itabuna, por exemplo, o índice é alarmante e alcança o índice 23,4. Milagres por exemplo tem um índice em 8,8, dentro também do grau de risco elevado. O perigo é que há municípios onde não informaram os resultados para monitoramento.

Informações levantadas por nossa equipe apontam que os dados relacionados ao mês de julho chegou a 4.5, nível considerado de risco. A situação exige uma resposta rápida do poder publico e da população. Para evitar uma situação grave de surto, além de campanhas, deve haver colaboração da sociedade, evitando deixar agua acumulada em vasilhames, pneus, fazer limpeza de larvas, entre outras atitudes que vao acabar com o mosquito. Ainda nesta semana falaremos com um profissional da área aqui de Itiruçu, onde mostrara mais informações a respeito deste fato preocupante. 

E´ importante salientar, que o investimento em campanhas, e apoio para medidas educativas, podem resultar numa economia maior a médio o longo prazo, pois agindo, haverá certeza de que hospitais não ficarão cheios de pacientes, contaminados com dengue. Precisamos despertar a consciência da população.

Nossa reportagem conversou com Breno Serra, supervisor de endemias do município, onde falamos sobre a atual situação de Itiruçu. Mas qual eh a real?...Breno explica agora no bate papo que gravamos com ele.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS