13º Salário é determinação do STJ diz Presidente da Câmara - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


13º Salário é determinação do STJ diz Presidente da Câmara

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 10 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


Na edição do dia 17 de novembro de 2017 o Tribunal de Contas dos Municípios publicou a normatização de pagamentos de 13º salários a agentes públicos (Prefeito, Vice, Vereadores e secretários).
A publicação seguiu o que determinou o Superior Tribunal Federal (STF), que fixou jurisprudência, a partir do voto proferido pelo Ministro Roberto Barroso, considerando, que o pagamento de 13° salário e terço de férias aos agentes políticos, não feriria o parágrafo 4° do artigo 39 da Constituição Federal, tendo em vista que estas vantagens são direitos de todos os trabalhadores, inclusive dos agentes políticos.

Diante da polêmica em redes sociais  da formalização do 13º Salário para os vereadores de Itiruçu, o Portal Itiruçu Notícias em contato com o  Presidente da Câmara, o vereador Ezequiel Borges perguntando sobre o assunto,  ele disse: “Eu fui educado entendendo que as Leis devem ser respeitadas e sempre foi assim em minha vida pessoal e é claro, levei esse respeito pra vida pública e não deixo de cumprir o que a lei determina, por isso a câmara de Itiruçu vai pagar o 13º Salário e não somos nós Vereadores de Itiruçu que inventamos isso, foi uma determinação do Superior Tribunal de Justiça, acatada pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Eu Graças a Deus trato o dinheiro da Câmara com muito zelo e sou feliz em afirmar que conseguirei sim cumprir a determinação, não sou irresponsável”, enfatizou.
Segundo informações do presidente do legislativo itiruçuense o valor mensal que a prefeitura manda para Câmara não pode ser usado para outros fins, apenas para a própria câmara, que a lei exige ainda que os valores não utilizados devem ser devolvidos ao final de cada ano.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores