13º Salário é determinação do STJ diz Presidente da Câmara - Itiruçu Notícias
Arrow
MENSAGEM DE ANO NOVO

Campanha


EDITORIAL

Lembranças de Tom Scaldaferri: "Parece que foi ontem"


Da última vez que estive em Itiruçu, fiz questão de beber uma gelada no BAR SÃO JORGE!
Cortei uma prosa com meu grande amigo Valdo, e tive o prazer de relembrar aqueles velhos tempos nos anos 70 e 80!
Agora, fui além nas minhas lembranças quando revivi também os tempos de Seu Lior (pai de Marina e Gildenor), de Afonso e do meu tio Raimundo Scaldaferri! CONTINUE LENDO


COLUNISTAS




Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS EM 2017


13º Salário é determinação do STJ diz Presidente da Câmara

Por: Redação Itiruçu Notícias - domingo, 10 de dezembro de 2017 - 0 Comentários


Na edição do dia 17 de novembro de 2017 o Tribunal de Contas dos Municípios publicou a normatização de pagamentos de 13º salários a agentes públicos (Prefeito, Vice, Vereadores e secretários).
A publicação seguiu o que determinou o Superior Tribunal Federal (STF), que fixou jurisprudência, a partir do voto proferido pelo Ministro Roberto Barroso, considerando, que o pagamento de 13° salário e terço de férias aos agentes políticos, não feriria o parágrafo 4° do artigo 39 da Constituição Federal, tendo em vista que estas vantagens são direitos de todos os trabalhadores, inclusive dos agentes políticos.

Diante da polêmica em redes sociais  da formalização do 13º Salário para os vereadores de Itiruçu, o Portal Itiruçu Notícias em contato com o  Presidente da Câmara, o vereador Ezequiel Borges perguntando sobre o assunto,  ele disse: “Eu fui educado entendendo que as Leis devem ser respeitadas e sempre foi assim em minha vida pessoal e é claro, levei esse respeito pra vida pública e não deixo de cumprir o que a lei determina, por isso a câmara de Itiruçu vai pagar o 13º Salário e não somos nós Vereadores de Itiruçu que inventamos isso, foi uma determinação do Superior Tribunal de Justiça, acatada pelo Tribunal de Contas dos Municípios. Eu Graças a Deus trato o dinheiro da Câmara com muito zelo e sou feliz em afirmar que conseguirei sim cumprir a determinação, não sou irresponsável”, enfatizou.
Segundo informações do presidente do legislativo itiruçuense o valor mensal que a prefeitura manda para Câmara não pode ser usado para outros fins, apenas para a própria câmara, que a lei exige ainda que os valores não utilizados devem ser devolvidos ao final de cada ano.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif