Jaguaquara: Ação policial impediu a realização de uma chacina diz Major - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Jaguaquara: Ação policial impediu a realização de uma chacina diz Major

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 16 de novembro de 2017 - 0 Comentários


Uma denuncia anônima levou policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado/Central até a quadrilha, que estava em um veículo Topic, na rua Tosta Lima.Segundo informações do comandante da Cipe/Central, major Fábio Rodrigo de Melo Oliveira, oito homens, todos armados, estavam no veículo. " Os policiais tentaram fazer a abordagem, mas eles resistiram na mesma hora", relatou.
Segundo informações na ação, cinco foram atingidos e não resistiram aos ferimentos. Rodrigo Moreira Calista, 18 anos, é o único identificado até o momento. Ainda segundo o major, a ação policial impediu a realização de uma chacina. "Se houvesse a invasão ia sobrar para envolvidos e inocentes, inclusive mulheres e crianças, quem estivesse próximo aos desafetos deles", alertou o major.
Cercos na região estão montados na busca pelos demais integrantes da quadrilha, que também é responsável por outros crimes na região do Vale do Jiquiriçá, além do tráfico.
"A ousadia do em tentar atingir uma unidade especializada mostra o tamanho da periculosidade do grupo. As equipes estão de parabéns em frustrar a ação do crime, certamente impedindo a morte de inocentes", afirmou o comandante de Policiamento Especializado (CPE), coronel Humberto Sturaro. Veja mais sobre o caso clique aqui.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif