Ex-presidiário morre em confronto com a PM em Itiruçu - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Ex-presidiário morre em confronto com a PM em Itiruçu

Por: Ed Santos - quarta-feira, 8 de novembro de 2017 - 0 Comentários

Informações da Polícia Militar de Itiruçu apontam que por volta das 17 horas, a central telefônica da 93ª CIPM recebeu uma denuncia anônima dando conta de que um indivíduo de nome Geovani Santos da Cruz, vulgo Tinin, 21 anos estaria traficando entorpecentes na rua do Surucucu, em Itiruçu.  Após a denuncia guarnições deslocaram-se para averiguar a veracidade do que foi informado visto que, tratava - se de um elemento de alta periculosidade que acabara de sair do Conjunto Penal de Jequié cumprindo pena pelo art. 121 (homicídio), e que era o principal suspeito por outro homicídio cometido na cidade de Maracás onde teria assassinado um menor de 14 anos. Ele também já respondia por vários furtos e arrombamentos na cidade.

Ao chegar no local, à polícia informa que foi feito o cerco. Entretanto, no momento em que policiais pediam autorização para entrar na residência ao sr. José, que é tio do vulgo "Tinim", conta o boletim que o mesmo saiu pelos fundos, quando observou a presença da policia passou a desferir disparos de arma de fogo contra a guarnição, momento em que houve o revide à injusta agressão. Ao cessar o confronto, percebeu - se que o individuo foi atingido, de imediato foi providenciado o socorro, porém ao chegar no Hospital Municipal de Itiruçu, foi constatado o óbito.

Com o suspeito a PM encontrou: 1 Revolver Cal. 32 com numeração suprimida; 5 munições, sendo 2 deflagradas, 1 percutidas e não deflagradas e 2 intactas; 18 buchas de maconha e outra quantidade um pouco maior; 1 relógio; Uma corrente prateada; R$ 314,00; e Vários sacos de geladinhos, mesmo tipo de embalagem utilizada nas buchas de maconha.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum