Maracás: 200 pessoas flagradas pela PM em rinha de galo - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Maracás: 200 pessoas flagradas pela PM em rinha de galo

Por: Ed Santos - domingo, 22 de outubro de 2017 - 0 Comentários


Informações oficiais aponta que dezenas de pessoas teriam sido presas em Maracás, no vale do Jiquiriçá neste domingo (22) após, colocarem galos para brigarem em uma rinha. As detenções teriam sido realizadas pela Polícia Militar após denúncias.
Os detidos segundo o informado eram de vários municípios. Além de Maracás tem pessoas de Itiruçu, Jaguaquara, Lajedo do Tabocal, entre outras localidade. A pratica, ao que parece envolvia além do maltrato aos animais, altos valores em apostas.

No Brasil, as brigas de galo estão proibidas desde 1934, com a edição do Decreto Federal 24.645 que proíbe "realizar ou promover lutas entre animais da mesma espécie ou de espécies diferentes, touradas e simulacro de touradas, ainda mesmo em lugar privado."

De acordo com o boletim da Polícia Militar, neste domingo por volta das 11h 40min, a central telefônica da 93ª CIPM recebeu denúncia sobre intensa movimentação  de pessoas e veículos na Rua Nestor Sá, naquela cidade, onde segundo a denúncia tratava-se de rinha de galo,  tipificado na lei n 9605/98, art 32.
Imediatamente foi estudada a forma pra flagrantear a prática, sendo motanda uma operação que contou com as  guarnições do 1ºPeletão, 3ºPeletão  e PETO da 93º CIPM, tendo  o comando do Major PM Caldas. 

Após contato prévio  com a tropa, quatro viaturas dirigiram-se até o local, sendo flagrado a prática de rinha de galo, a qual estava sendo presenciada por aproximadamente 200 pessoas de várias cidades da região, dentre as quais Lafaite Coutinho, Jaguaquara, Jequié, Itiruçu, Lajedo do Tabocal, Iramaia e  Itaquara. Todas as pessoas, bem como os veículos foram direcionados a sede da 93 CIPM, ficando retidos alguns veículos.

Material apreendido na operação:
Equipamentos para Richa de galo.
98 Galos de Combate.
7 Pássaros Silvestres.
Veículos Retidos
19 motocicletas.
15 automóveis.
Conduzidos
José Henrique Duarte Santos, 28 anos.
Jeilton do Nascimento Lago, 32 anos.
Edmundo da Silva Novaes Júnior, 46 anos.
Vídeo repassado por internauta. Fonte: Polícia Militar


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes