Custo para barra denuncias contra Temer chega a mais de R$ 32 Bi - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçu: Casa da Cultura treme enquanto se realizava reunião

Reunião é transferida ao perceber que Casa da Cultura em Itiruçu começou a tremer.  Na manhã desta sexta-feira(22) por volta das 9h...


Espaço publicitário


EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)

O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

CONTINUE LENDO


COLUNA Êta lê lê



Êta lê lê Segunda-feira gorda do foguetório

Ao ter suas contas aprovadas por 7 a 2 na última sessão da Câmara de Vereadores da Boa Terra, o ex-prefeito Wagner Novaes era só alegria. Como os estampidos das bombas eram ouvidos nos quatro cantos da cidade, muitos ficaram imaginando o que teria acontecido:

"Quem chegou ou está indo para Bom Jesus da Lapa?";
"Hoje é festa de que Santo?";
"Aniversário de quem?";
"Quem tá jogando hoje?"

O que muitos não sabiam, era que a festa tinha um nome, Wagner Novaes. Este celebrava a vitória em casa, já que um pouco distante, 7 edis lhe dariam a honra de aprovar as suas contas públicas.

CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


Custo para barra denuncias contra Temer chega a mais de R$ 32 Bi

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 26 de outubro de 2017 - 0 Comentários


O país da impunidade como é conhecido o Brasil as inversões de valores  está sendo institucionalizada . O presidente da Republica Michel Temer depois de prova com gravações, malas e caixas  com dinheiros com fortes indícios de seus envolvimento  mais uma vez uma a maquina publica para se manter no poder. 
Segundo o Estadão a negociação política para barrar as duas denúncias criminais contra o presidente Temer, teve  um custo que pode chegar a R$ 32,1 bilhões.
Essa é a soma de diversas concessões e medidas do governo negociadas com parlamentares da Câmara entre junho e outubro, desde que Temer foi denunciado pela primeira vez, por corrupção passiva, até a votação da segunda acusação formal, pelos crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça votada  nesta quarta-feira, 25, pelo deputado que na sua maioria votou pela absolvição de Temer .
O preço para impedir o prosseguimento das denúncias supera em R$ 6 bilhões os recursos previstos por Temer para pagar parcelas de famílias beneficiárias do programa Bolsa Família ao longo do ano que vem. O programa de complementação de renda foi orçado em R$ 26 bilhões, em 2018. Também é maior do que o custo total para a construção da Usina Hidrelétrica Belo Monte, atualmente estimado em cerca de R$ 30 bilhões.
Temer teve 251 votos ao seu favor e 233 contra, barrando a denuncia e institucionalizando a impunidade no país.

Entre o baiano que colaboram  para permaneça de Temer estão os deputados
Antonio Imbassahy - Sim
Arthur Oliveira Maia - Sim
Benito Gama - Sim
Cacá Leão - Sim
Claudio Cajado - Sim
Elmar Nascimento - Sim
João Carlos Bacelar - Sim
José Carlos Aleluia - Sim
José Rocha - Sim
Márcio Marinho - Ausente
Lucio Vieira Lima - Sim
Mário Negromonte Jr. - Sim
Paulo Azi - Sim
Roberto Britto - Sim
Ronaldo Carletto - Sim

Os que votaram contra a permaneça de Temer foram:

Afonso Florence - Não
Alice Portugal - Não
Antonio Brito - Não
Bacelar - Não
Bebeto - Não
Caetano - Não
Daniel Almeida - Não
Davidson Magalhães - Não
Félix Mendonça Júnior - Não
Fernando Torres - Não
Irmão Lazaro - Não
João Gualberto - Não
Jorge Solla - Não
José Nunes - Não
Jutahy Junior - Não
Nelson Pellegrino - Não
Sérgio Brito - Não
Paulo Magalhães - Não
Uldurico Junior - Não
Valmir Assunção - Não
Waldenor Pereira - Não

Dois deputado não compareceram , mas na primeira denuncia votaram a favor da permanecia de Temer:
Erivelton Santana - Ausente
José Carlos Araújo - Ausente


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.