CMO acata emenda de Solla de R$ 500 mi para universidades - Itiruçu Notícias
Arrow
Campeonato Brasileiro Serie C - Juazeirense x Remo Ao Vivo

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


CMO acata emenda de Solla de R$ 500 mi para universidades

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de outubro de 2017 - 0 Comentários


A Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, que reúne deputados e senadores, aprovou na noite desta quarta-feira (18) uma emenda de autoria do deputado federal Jorge Solla (PT-BA) que destina R$ 500 milhões para investimento nas universidades federais. A quantia foi direcionada para as instituições novas, inauguradas nos governos Lula e Dilma.
“Em fases distintas de implantação e de consolidação de cursos, as novas universidades federais estão sofrendo com o Teto dos Gastos Públicos, que têm constrangido os orçamentos destas instituições e impedido a realização de investimentos necessários que estavam planejados”, argumentou o parlamentar, na justificativa apresentada ao colegiado.

Na Bahia, seriam contempladas com investimentos em construção de unidades e aquisição de mobiliário e equipamentos a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB - Campus dos Malês) e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).
“A política de expansão do acesso ao ensino superior no Brasil garantiu a abertura de novas universidades federais, que contribuem de sobremaneira para o desenvolvimento do país e para a inclusão social do povo brasileiro. Pegas pelo golpe, pelo congelamento de recursos, elas estão com suas existências ameaçadas, estão na iminência de interromper a implantação de cursos que já estão em andamento. Um retrocesso sem dimensões que pode e vamos evitar”, salientou.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif