CMO acata emenda de Solla de R$ 500 mi para universidades - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow

NOTÍCIA EM DESTAQUE

Assaltantes levam moto na zona Rural de Itiruçu

Uma moto Honda Bros, cor vermelha e placa NZU-2191 de Itiruçu, foi tomada de assalto por dois elementos armados na região do Assentamento...

Histórias que o Povo Conta

A história que o povo conta; O Retratista

Paulo Borges de Oliveira, natural de Castro Alves – BA, nascido em 18/11/1918, chegou em Itiruçu –BA, em 1950, foi comerciante juntamente com seu irmão Otávio (já falecido), na antiga rua da Lancha, hoje Moisés Almeida, mas, anos depois dedicou – se inteiramente a profissão de fotógrafo.
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Ganância e a Discórdia a felicidade dos invejosos

Aquele que semeia a discórdia é terrível. Não gosta de ver a paz reinar em canto algum, parece que se agonia com isso.

Qual o objetivo das pessoas que agem desta forma? Será que essa atitude provoca prazer em determinadas pessoas? Ou seria o ego de pessoas invejosas que se sentem felizes provocando infelicidades.

Fazendo minhas análises sobre certas atitudes humanas percebi que pessoas infelizes são as que mais disseminam discórdias e a maior delas sempre está relacionada com algum tipo de fofoca raivosa.

Aquela que numa simples palavra já se percebe o rancor interior de quem fez. E se estivermos perto de quem fez a fofoca raivosa nota-se no semblante da pessoa um certo alívio pela maldade que provocou ou até um sorriso nos lábios achando-se vitorioso...CONTINUE LENDO


MAIS LIDAS DO MÊS


CMO acata emenda de Solla de R$ 500 mi para universidades

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 19 de outubro de 2017 - 0 Comentários


A Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional, que reúne deputados e senadores, aprovou na noite desta quarta-feira (18) uma emenda de autoria do deputado federal Jorge Solla (PT-BA) que destina R$ 500 milhões para investimento nas universidades federais. A quantia foi direcionada para as instituições novas, inauguradas nos governos Lula e Dilma.
“Em fases distintas de implantação e de consolidação de cursos, as novas universidades federais estão sofrendo com o Teto dos Gastos Públicos, que têm constrangido os orçamentos destas instituições e impedido a realização de investimentos necessários que estavam planejados”, argumentou o parlamentar, na justificativa apresentada ao colegiado.

Na Bahia, seriam contempladas com investimentos em construção de unidades e aquisição de mobiliário e equipamentos a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB - Campus dos Malês) e a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).
“A política de expansão do acesso ao ensino superior no Brasil garantiu a abertura de novas universidades federais, que contribuem de sobremaneira para o desenvolvimento do país e para a inclusão social do povo brasileiro. Pegas pelo golpe, pelo congelamento de recursos, elas estão com suas existências ameaçadas, estão na iminência de interromper a implantação de cursos que já estão em andamento. Um retrocesso sem dimensões que pode e vamos evitar”, salientou.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores