Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

Itiruçuense Lara Pelagatti vence o Concurso Miss Bahia Teen 2019

A itirucuense Lara Giovanna Pelagatti de 16 anos, conquistou na noite deste sábado (17/08)no Teatro Diplomata, em Patamares na capital baiana, o título da 10ª edição do Concurso Miss & Mister Bahia Teen 2019 , representando a cidade de Itiruçu. A menina foi avaliada por um corpo de 12 jurados que são formadores de opiniões e profissionais da área de moda, fotografia, estética, jornalista, produtores, e Ex-Miss e Mister Bahia, sendo eleita a Miss Bahia Teen 2019 . Com tema “Revivendo as tradições Baianas” foram avaliados postura, andamento, simpatia, plástica, desenvoltura, estética e beleza com notas de 01 (um) a 05 (cinco)...CONTINUE LENDO


HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

Dazo: Um exemplo de vida
Figura muito dócil e querida em toda Itiruçu, alegre e de temperamento fácil, cativante e prestativo; Estou falando de Gildásio Rodrigues de Souza, ou simplesmente DAZO, filho de D. Cecília, irmão de Lucy e Jaime Boró, e cunhado de Didi...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus.
“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa àqueles que o buscam.” - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BÍBLICOS


BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI



STF deve decidir ainda hoje sobre nova denúncia contra Temer

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 20 de setembro de 2017 - 0 Comentários


O Supremo Tribunal Federal deve desempacar nesta quarta-feira a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer, apresentada na última quinta, por obstrução de Justiça e organização criminosa.
Ainda que o texto tenha sido apresentado na quinta passada, um dia antes o Supremo iniciou o julgamento de um pedido de suspensão da eventual denúncia protocolado pela defesa do presidente.
Mesmo antes da flechada final de Rodrigo Janot, agora ex-procurador-geral da República, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, advogado de Temer, justificava que a acusação poderia estar contaminada com provas ilegais, em virtude do escândalo do “autogrampo” em que Joesley Batista confessa irregularidades na relação com a PGR antes de firmar acordo de delação premiada.
O foco principal é a atuação de Marcello Miller, que teria agido como agente duplo. Ficou para o Supremo decidir se as provas serão ou não válidas nas ações penais.
O ministro Edson Fachin não enviou a acusação à Câmara esperando a resposta do tribunal. Nos bastidores, ventila-se que a tendência é que a denúncia seja enviada ao Congresso mesmo que não se decida que as provas serão válidas.
Os ministros consideram que este é o caminho natural e deve ser seguido. Fachin tinha a preocupação de que o rito fosse anulado sem a resposta.
De qualquer forma, uma outra tendência é que as provas formadas sejam aceitas pela Suprema Corte, agora ou adiante.



Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS