Pró-Temer, Gilmar fala que Janot é "um indivíduo sem nenhum caráter - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Pró-Temer, Gilmar fala que Janot é "um indivíduo sem nenhum caráter

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 21 de setembro de 2017 - 0 Comentários


O Supremo Tribunal Federal (STF) deu continuidade ao julgamento do pedido feito pela defesa do presidente da República Michel Temer para suspender o envio de denúncia apresentada contra ele à Câmara dos Deputados.
A análise da matéria foi concluída na sessão plenária desta quinta-feira (21) com o resultado de 10 votos contra a suspenção e apenas um a favor. Concluiram a votação os ministros Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e a ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, todos seguindo o relator que rejeitou o pedido da defesa do presidente Michel Temer para impedir o envio imediato da denúncia contra ele, a segunda feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) para a Câmara dos Deputados e Temer deve ser julgado pela Câmara dos Deputados pela segunda vez.
Na quarta-feira já tinham votado  contra o pedido de Temer seguido  o relator os Ministros Alexandre de Moraes, Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux,, Ricardo Lewandovki,Dias Toffoli ..
Apenas ministro Gilmar Mendes abriu a ficou a favor do pedido da defesa . O ministro votou no sentido de determinar a devolução dos autos à Procuradoria-Geral da República (PGR) para que se limite a imputação dos atos do presidente aos fatos relativos ao seu mandato, e pela possibilidade de se suspender o envio da acusação à Câmara até a conclusão das investigações sobre a participação de membros do Ministério Público nos fatos narrados em gravação apresentada pelos investigados.

Durante sua fala, ele não poupou ataques ao ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A sessão de ontem foi a primeira de Raquel Dodge no cargo. Mendes chegou a dizer que o ex-PGR teria "um desfecho mais glorioso" se tivesse pedido "a sua própria prisão provisória", mas que "ele não teve coragem para isso". "Seria mais digno do que o que ele acabou por fazer nessas tantas trapalhadas", completou.
De tanto criticar Janot, a quem chamou de "indivíduo sem nenhum caráter", Mendes foi questionado sobre o porquê do alvo, pela ministra da Corte, Cármen Lúcia, ao que respondeu: "Presidente, só estou fazendo essas menções ao ex-procurador-geral em nome da historicidade, porque minha religião não permite falar mal de mortos", ironizou.

Já há quem diga que com o  posicionamento do ministro ficou claro a sua tendência, e que a derrota foi  como se fosse no futebol uma goleada:  Brasil 10 x 1 Temer.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes