Arrow

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

Dazo: Um exemplo de vida
Figura muito dócil e querida em toda Itiruçu, alegre e de temperamento fácil, cativante e prestativo; Estou falando de Gildásio Rodrigues de Souza, ou simplesmente DAZO, filho de D. Cecília, irmão de Lucy e Jaime Boró, e cunhado de Didi...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus. - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BÍBLICOS

LEIA A BÍBLIA!

O Retorno: STF decide enviar denúncia contra Temer à Câmara

Por: Redação Itiruçu Notícias - quarta-feira, 20 de setembro de 2017 - 0 Comentários


A presidente do do Supremo Tribunal Federal (STF ), abriu sessão que definir sobre o pedido da defesa do presidente Michel Temer de impedir o envio imediato da denúncia contra ele para a Câmara dos Deputados, fazendo  elogios e parabenizou a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge. A ministra desejou que ela tenha espaço para ser feliz dentro da PGR e que contribua para que as instituições jurídicas do país contribuam em benefício dos brasileiros.
A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira, dia 20, rejeitar o pedido da defesa do presidente Michel Temer para impedir o envio imediato da denúncia contra ele, a segunda feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR) para a Câmara dos Deputados e Temer deve ser julgado pela Câmara dos Deputados pela segunda vez..
Votaram contra o pedido de Temer seguido  o relator os Ministros Alexandre de Moraes, Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux,, Ricardo Lewandovki,Dias Toffoli .
Como era de espera apenas Gilmar Mendes discordou  de Fachin e acolheu questão de ordem da defesa de Temer o que não é nenhuma novidade.
O julgamento foi suspenso pela presidente do STF no final da tarde com o placar de 7 a 1, e será retomado nesta quinta-feira, dia 21, quando votarão os ministros Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Cármen Lúcia
O pedido da defesa de Temer sustentava que seria necessário aguardar o fim das investigações sobre a suposta omissão de executivos da J&F em suas delações premiadas. A denúncia de Rodrigo Janot acusa o presidente de integrar organização criminosa e tentar obstruir a Justiça.
Na semana passada, nove ministros que participaram da sessão negaram outro pedido de Temer, para afastar o ex-procurador-geral Rodrigo Janot das investigações e anular seus atos no caso.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS