Jaguaquara: Contas reprovadas no TCM são aprovadas por Câmara - Itiruçu Notícias - Itiruçu e Região conectados com a informação
Arrow
HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

Desejo de manter foco


Parece que está se tornando cada vez mais difícil nos concentrarmos numa única coisa por muito tempo. A sociedade moderna definitivamente tem nos levado a manter períodos curtos de atenção. Se assistirmos qualquer programa de tevê ou filme, vamos notar como as coisas se movem rapidamente e o ritmo acelerado do enredo. Um comercial típico de tevê muda as imagens a cada poucos segundos, às vezes menos. A lógica é: se não capturarmos a atenção do indivíduo imediatamente. ele vai se voltar para outra coisa.
Com tantas coisas competindo por nossa energia mental, que vão da Internet passando pelas mensagens de texto e e-mails, é de admirar que ainda sejamos capazes de concentrar o foco em alguma coisa.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS
BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

Jaguaquara: Contas reprovadas no TCM são aprovadas por Câmara

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 7 de setembro de 2017 - 0 Comentários


As Contas do Prefeito Giuliano Martinelli do exercício de 2014 foram aprovadas no Legislativo jaguaquarense sendo que foram reprovadas no Tribunal de Contas do Município - TCM. Na Sessão realizada na noite desta quarta-feira (06), doze vereadores votou contra ao Parecer do TCM , sendo dois  a favor do e uma ausência. 

Segundo o TCM estariam entre as irregularidade nas contas de 2014 a ausência de remessa de dados e informações pelo SIGA, relativos a certidões de prova de regularidade fiscal e trabalhista de empresas contratadas pela Prefeitura; reincidência na tímida da cobrança da dívida ativa; reincidência na existência de déficit orçamentário; reincidência na omissão na cobrança de multas e ressarcimentos imputados a agentes políticos do Município; reincidência na apresentação de deficiente Relatório do Controle Interno  e ausência de reconhecimento, pelo Regime de Competência, dos valores a receber decorrentes das Variações Patrimoniais aumentativas oriundas de receitas e reincidência na ausência de registro de depreciação dos bens móveis e imóveis pertencentes à Prefeitura.  

O prefeito foi multado no valor de R$ 61.200,00 (sessenta e um mil e duzentos reais), correspondentes a 30% dos seus vencimentos anuais, a serem recolhidas aos cofres públicos municipais,
O TCM ainda Determinou  que o Sr. Giuliano de Andrade Martinelli devolva ao Erário Municipal o valor de R$ 8.313,80 (oito mil, trezentos e treze reais e oitenta centavos), pela realização de despesas com publicidade sem que constem dos autos elementos que comprovem a efetiva publicação e seu conteúdo. 
Clique acima para detalhes sobre o parecer do TCM


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS