Jaguaquara: Contas reprovadas no TCM são aprovadas por Câmara - Itiruçu Notícias
Arrow
Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Jaguaquara: Contas reprovadas no TCM são aprovadas por Câmara

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 7 de setembro de 2017 - 0 Comentários


As Contas do Prefeito Giuliano Martinelli do exercício de 2014 foram aprovadas no Legislativo jaguaquarense sendo que foram reprovadas no Tribunal de Contas do Município - TCM. Na Sessão realizada na noite desta quarta-feira (06), doze vereadores votou contra ao Parecer do TCM , sendo dois  a favor do e uma ausência. 

Segundo o TCM estariam entre as irregularidade nas contas de 2014 a ausência de remessa de dados e informações pelo SIGA, relativos a certidões de prova de regularidade fiscal e trabalhista de empresas contratadas pela Prefeitura; reincidência na tímida da cobrança da dívida ativa; reincidência na existência de déficit orçamentário; reincidência na omissão na cobrança de multas e ressarcimentos imputados a agentes políticos do Município; reincidência na apresentação de deficiente Relatório do Controle Interno  e ausência de reconhecimento, pelo Regime de Competência, dos valores a receber decorrentes das Variações Patrimoniais aumentativas oriundas de receitas e reincidência na ausência de registro de depreciação dos bens móveis e imóveis pertencentes à Prefeitura.  

O prefeito foi multado no valor de R$ 61.200,00 (sessenta e um mil e duzentos reais), correspondentes a 30% dos seus vencimentos anuais, a serem recolhidas aos cofres públicos municipais,
O TCM ainda Determinou  que o Sr. Giuliano de Andrade Martinelli devolva ao Erário Municipal o valor de R$ 8.313,80 (oito mil, trezentos e treze reais e oitenta centavos), pela realização de despesas com publicidade sem que constem dos autos elementos que comprovem a efetiva publicação e seu conteúdo. 
Clique acima para detalhes sobre o parecer do TCM


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif