Documentário "Mar Grande" tem lançamento nesta terça-feira, 19/09 - Itiruçu Notícias
Arrow
Cores da Saúde: Julho Amarelo alerta sobre câncer nos ossos



Passeio Cicloturismo de Itiruçu


EDITORIAL

Reflexão do sofrimento superado pela Fé

As lágrimas escorrem como sangue de uma ferida, difícil de estancar.
As batidas do coração doem a cada pulsação.
O olhar que não encontra uma saída nem mesmo alguém que possa compreender, quando se está no chão.
Não há uma mão pra te levantar, mas várias para te empurra no abismo. Apagar a luz no fim do túnel com um sopro para que não enxergue a saída.
Mas com tua em fé em Deus, louvai, porque ele é bom
Em Salmos 107.06 diz “E clamaram ao Senhor na sua angústia, e os livrou das suas dificuldades.”
Pois Deus conhece as duas dores e os seus sofrimento .
Os retos o verão, e se alegrarão, e toda a maldade tapará a boca.
Quem é sábio observará estas coisas, e eles compreenderão as bondades do Senhor. Salmos 107:42,43 CONTINUE LENDO


COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Documentário "Mar Grande" tem lançamento nesta terça-feira, 19/09

Por: Redação Itiruçu Notícias - terça-feira, 19 de setembro de 2017 - 0 Comentários


Às 19h desta terça-feira, dia 19/09, no Espaço Itaú de Cinema (Praça Castro Alves), acontece o lançamento do documentário ‘Mar Grande’, que mostra a preparação da paratleta baiana Verônica Almeida para a travessia Ilha de Itaparica, na baía de Todos os Santos, ao Porto da Barra, em Salvador.
O filme tem direção da baiana Claudia Gama e da Benditas Projetos Criativos e apoio do Fundo de Cultura, da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.

O documentário dá visibilidade à história de superação da paratleta, uma mulher que luta, dentro e fora da água, para mostrar que o limite da vida é o limite dos nossos sonhos. Durante três anos, a diretora do filme Claudia Gama acompanhou os treinos da nadadora em Uberlândia, Minas Gerais, a própria travessia Mar Grande-Salvador, a nado borboleta, que ela concluiu em 4h56m, e ainda a sua participação nos Jogos Para-Panamericanos de 2015, em Toronto, no Canadá, onde ganhou três medalhas: duas pratas e uma de bronze. Verônica Almeida foi também medalha de bronze em 2008 nos Jogos Paralímpicos de Pequim.
Em 2007, Verônica foi diagnosticada com a rara síndrome Ehlers-Danlos, uma doença degenerativa que enfraquece os músculos dos braços e pernas. Mesmo com a deficiência, percorreu os 12,5 km, em mar aberto, que separam a praia de Mar Grande/Itaparica e Porto da Barra/Salvador, nadando com o movimento de apenas um braço.
“Passei inúmeras dificuldades para ter meu sonho alcançado e o filme mostra isso. O que sou hoje é o resultado de uma persistência e uma vontade única de mostrar que nossa vida pode ser transformada a qualquer momento”, conclui a nadadora, que estará presente na sessão de lançamento.
No próximo dia 22 de setembro a TVE, canal 10.1, exibe com exclusividade, às 22h, o documentário Mar Grande. A licença para veiculação do filme tem o apoio da Sudesb, que investiu R$7 mil.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif



São Pedro 2018

Melhores momentos - Por Wilson Novaes