Aleluia expõe a ministro proposta para são francisco - Itiruçu Notícias
Arrow
Vídeo sobre a leucemina

Campanha Cores da Saúde



EDITORIAL

Opinião: O primeiro discurso da ministra do STF em 2018

Na sessão solene que marcou a abertura do Ano Judiciário de 2018, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse na manhã desta quinta-feira, 1, que é ”inadmissível e inaceitável desacatar a Justiça” e que sem ”Justiça não há paz”. ”Pode-se ser favorável ou desfavorável à decisão judicial pela qual se aplica o direito. Pode-se buscar reformar a decisão judicial, pelos meios legais, pelos juízos competentes. É inadmissível e inaceitável desacatar a justiça, agravá-la ou agredi-la. Justiça individual fora do Direito não é justiça, senão vingança ou ato de força pessoal”, discursou Cármen. ”Sem liberdade, não há democracia. Sem responsabilidade, não há ordem. Sem justiça, não há paz”, completou a presidente do STF... CONTINUE LENDO

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : O Bar São Jorge

Existem certas relíquias que o tempo faz questão de perpetuar. Passa-se o tempo e a suas lembranças continuam vivas em nossos corações...


MAIS LIDAS DO MÊS


Aleluia expõe a ministro proposta para são francisco

Por: Redação Itiruçu Notícias - quinta-feira, 28 de setembro de 2017 - 0 Comentários

O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA) defendeu a criação de uma autoridade para o desenvolvimento do Vale do São Francisco, em audiência pública com participação do ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, na Câmara Federal.
Inspirada na americana Tennessee Valley Authority (TVA), a proposta do parlamentar é reunir a Chesf e a Codevasf num organismo federal que, a partir da gestão de recursos da geração de energia, investiria na revitalização do rio, desenvolvimento do vale e operação de projetos, como a transposição.
“Não se trata de privatizar ou não a Chesf”, assinalou Aleluia. O deputado baiano lembrou ao ministro que, na origem da Chesf e da Codevasf, se pensou em seguir o modelo americano, cujos resultados se mostraram ao longo do tempo bastante positivos. “O mesmo não podemos dizer do Velho Chico, que hoje chora em vez de correr”.
Para Aleluia, a criação de uma agência federal para administrar a revitalização, o desenvolvimento do vale e a operação dos projetos se apresenta como a solução mais viável para evitar que se consuma a tragédia do Rio São Francisco, que está morrendo a cada dia com a redução da vazão.
“Precisamos executar um modelo crível e bem-sucedido. Não mais expor a região a irresponsabilidades, como a da ex-presidente Dilma, que, por meio de Medida Provisória, tomou as usinas, transferiu para a União os recursos da energia gerada e destruiu a Chesf”, alertou parlamentar.
Aleluia disse ao ministro de Minas Energia que já tratou do assunto com o presidente Temer, que demonstrou bastante interesse na questão. “O presidente Temer tem a oportunidade de escrever seu nome na história do Nordeste se implementar uma solução para salvar o Rio São Francisco”.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

ENQUETE
Você votaria em quem para presidente?

Álvaro Dias (Podemos)
Ciro Gomes (PDT)
Cristovam Buarque (PPS)
Eymael (PSDC)
Fernando Collor (PTC)
Geraldo Alckmin (PSDB)
Jair Bolsonaro (PSC-RJ)
João Amoêdo (Novo)
Levy Fidelix (PRTB)
Lula da Silva (PT)
Manuela D'Ávila (PC do B)
Marina Silva (Rede)
Valéria Monteiro (PMN)
Outro
Nenhum