SINDPOC exige apuração de denúncias contra o Superintendente de Inteligência da SSP - Itiruçu Notícias
Arrow
Exerça sua cidadania



Passeio Cicloturismo de Itiruçu



EDITORIAL

Refletindo: A verdadeira política do verdadeiro cristão

O Evangelho é o caminho da verdade e da vida eterna, a política é o caminho do cidadão onde interfere diretamente na sua vida terrena (ALIMENTAÇÃO, MORADIA, SAUDE, EDUCAÇÃO, ESPORTE LAZER ETC.)
O Evangelho busca a paz espiritual, quanto à política favorece ou dificulta à vida da comunidade, porém um povo evangelizado com certeza a política só faz favorecer, pois a comunidade sabe o que é o melhor para ela.
A política não se reúne em atividades partidárias, eleições, lideres etc. e sim em um conjunto de atividades que o cidadão deve sentir com o seu dever e direito de estar presente, compromisso da realidade social, não pregando discórdia e sim a união porque o cristianismo deve evangelizar na totalidade da existência humana, inclusive na dimensão da política.

COLUNISTAS



Coluna Joselito Fróes: Êta lê lê! : Eleições em Itiruçu

Eleições  serão realizada neste domingo dia 07 de outubro.  Se a mesma empolgação dos eleitores para as eleições do próximo domingo...


MAIS LIDAS DO MÊS


SINDPOC exige apuração de denúncias contra o Superintendente de Inteligência da SSP

Por: Itiruçu Notícias - quinta-feira, 17 de agosto de 2017 - 0 Comentários


As denúncias que envolvem o atual Superintendente de  Inteligência da SSP Bahia, Rogério Magno de Almeida Medeiros, foram duramente criticadas pelo Presidente do Sindicato dos Policiais Civis, Marcos Maurício. 
O sindicalista salienta que o  Estado possui um histórico de interceptações telefônicas privadas que são realizadas de forma ilegal, grampos sem autorização judicial. "Quais são as relações escusas que existem entre a SSP os desembargadores do Tribunal de Justiça? Quais foram as vantagens auferidas entre ambos os lados? Quem são os beneficiários e os autores dessas práticas  ilegais que estão sendo apuradas pelo Ministro  Og Fernandes?", questiona Marcos Maurício.
O  sindicalista frisa que o SINDPOC, através de sua diretoria e em parceria com outras entidades classistas  da Polícia Civil, combate a ilegalidade da Secretaria de Segurança Pública em ter domínio de operações que são realizadas por meio de interceptações telefônicas. " De acordo com a lei, as interceptações telefônicas devem ser feitas pela Polícia Civil!", frisa Maurício.
O Presidente do SINDPOC na Bahia, Marcos Maurício, diz concordar com o Prefeito ACM Neto (DEM-BA), o qual defendeu, nesta semana, que o Governador Rui Costa(PT-BA) já deveria ter demitido o Secretário de Segurança Pública,Maurício Teles Barbosa. O sindicalista afirma que os resultados durante os últimos sete anos de gestão do atual Secretário à frente da pasta são catastróficos. "Temos um quadro que constata um perfil de incompetência de  Maurício Barbosa na Segurança Pública dos baianos", critica o Presidente do SINDPOC, ao destacar que discorda de Neto quanto ao pedido de demissão do Comandante-Geral da PM, coronel Anselmo Brandão.
ASCOM SINDPOC jaqueline Barreto


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PARCEIROS



 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif
 photo GS-SOMgif_zpszfpbff8c.gif

Campanha de Doação