“Se empréstimo não saiu na política, saiu na pressão”, diz Solla - Itiruçu Notícias - Você conectado com a informação
Arrow
NOTÍCIA EM DESTAQUE

Heron Castro recebe apoio do deputado mais votado da Bahia

As eleições 2020 caminha mesmo para ter três candidatos em Itiruçu. Nesta sexta-feira (09) o nome do empresario Heron Castro voltou a ficar em destaque.
Segundo informações o empresario recebeu o convite do Deputado Federal Pastor Sargento Isidório (AVANTE) para um encontro tendo como tema as eleições 2020 e os apoios políticos.
A decisão do Deputado Isidoro foi tomada após avaliações do cenário político no município.
O Deputado Federal Pastor Sargento Isidório foi o mais votado da Bahia, com 323 mil votos nas ultimas eleições. No encontro foram discutidos diversos assuntos, entre eles, o Deputado deixou o Partido Avante a disposição de Heron Castro para sua candidatura em 2020 além de seu apoio político. ..CONTINUE LENDO

HISTÓRIAS QUE O POVO CONTA

A história que o povo conta; O Retratista

Este veículo marcou época em Itiruçu, no final da década de 60 e início da década de 70. De cor provavelmente verde-escura e ano de fabricação 1954.
Estacionada em frente ao Grupo Escolar Francisco Mangabeira, atual Secretaria de Educação , tendo a bordo: ...
CONTINUE LENDO

EDITORIAL

A Fé realiza os desejos de nossos corações


A Fé é acreditar que uma coisa é verdade e agir de acordo com essa crença. Todo mundo tem fé em alguma coisa. A Bíblia diz que devemos ter fé em Deus e no Seu poder para mudar nossa vida. Somos salvos pela fé em Jesus.
“Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa àqueles que o buscam.” - Hebreus 11:6.
...CONTINUE LENDO
VERSÍCULOS BIBLÍCOS



BÍBLIA!
PARE! LEIA! REFLITA! PRATIQUE!
CLIQUE AQUI

“Se empréstimo não saiu na política, saiu na pressão”, diz Solla

Por: Itiruçu Notícias - quarta-feira, 23 de agosto de 2017 - 0 Comentários





A liberação por parte do Ministério da Fazenda de empréstimo internacional de R$ 600 milhões, captado pelo Governo do Estado, foi publicada no Diário Oficial no mesmo dia em que o ministro Henrique Meirelles poderia ser convocado para explicar o motivo da negativa em autorizar a operação financeira. Estava no primeiro ponto de pauta da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara (CFFC) desta quarta-feira (23) o requerimento apresentado por deputados do PT que pedia a convocação do ministro.
“Eu já tinha avisado (a Meirelles) se caso hoje o recurso não tivesse sido liberado, nós encaminharíamos a favor da convocação, já tratei com ele sobre esse assunto”, disse Cacá Leão, vice-líder do PP na Câmara. “Foi um processo muito desgastante para nós”, completou.
O deputado Jorge Solla, vice-líder do PT na Câmara, ressaltou que apenas a ameaça de convocação foi capaz de mudar a postura do governo. “Achamos importante trazer para a comissão porque esgotamos todos os canais de diálogo. É um assunto que ganhou a pauta de todos os veículos de comunicação. Infelizmente, se não resolve no diálogo, resolve na pressão. Meirelles temeu ter de vir e responder não só sobre o empréstimo, mas sobre as relações de seu enriquecimento e a JBS, que ele presidiu durante os últimos anos”, destacou o petista.
O empréstimo foi publicado no dia 17 de julho, mas necessitava de uma autorização do Ministério da Fazenda para que os recursos pudessem ser transferidos para o Governo do Estado via Banco do Brasil. Os recursos serão investidos em obras de infraestrutura viária, construção de aeroportos e barragens.


Não se esqueça de ler isso também ...

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do Itiruçu Notícias; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Colaboradores






MAIS LIDAS DO MÊS